DETERMINAÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE SULFITOS EM PASTA DE ALHO (ALLIUM SATIVUM) CONSUMIDO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE TERESINA-PIAUÍ

Code: 220207957
Downloads
10
Views
31
Compartilhe
Título

DETERMINAÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DE SULFITOS EM PASTA DE ALHO (ALLIUM SATIVUM) CONSUMIDO NO COMÉRCIO VAREJISTA DE TERESINA-PIAUÍ

Autores(as):
  • Juliana Chaves Elias Santos

  • Francisco de Assis Bandeira do Nascimento

  • Edilene Ferreira da Silva

  • Victória Maura Silva Bermúdez

  • Vera Lúcia Viana do Nascimento

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220207957
    Publicado em

    01/05/2022

    Páginas

    98-104

    Capítulo

    7

    Resumo

    Objetivo: avaliar as quantidades de dióxido de enxofre (SO2) encontrado em pasta de alho nas diferentes condições de pH, de agentes sulfitantes e do ácido cítrico em ambiente natural para conservação e estabilidade do alimento processado. Método: análises realizadas no laboratório de Bromatologia e Laboratório de Produtos de Origem Vegetal no IFPI Campus Teresina central. Amostras foram quantificadas (peso bruto e peso sem as cascas), em seguida higienizadas, secas e pesadas, depois divididas, amostra com bissulfito, amostra com ácido cítrico, amostra com ácido cítrico e bissulfito, amostra sem bissulfito, todas as amostras passaram por tratamento térmico. Análises de pH, aW, umidade, cinzas, quantificação do SO2, determinação e quantificação de sulfito por titulação direta e o teor de “SO2 ou SO3”, calculado a partir do equivalente do I2, sulfito total por titulação. A estatística foi pelo teste de Tukey, com significância estatística em 5%, utilizado O programa estatístico R versão 3.5.0. Resultados: a partir de pH de 5,71 a 5,73 foi possível uma maior quantidade aos íons sulfitos de hidrogênio formados, enquanto acima do pH 5,1 a maior parte do ácido sulfuroso está dissociado. As amostras de SO2 apresentaram valores maiores, sem sulfitos e com ácido cítrico. Conclusão: o pH influenciou bastante na composição dos agentes sulfitantes e na concentração dos diferentes tratamentos, enquanto que aW, umidade e cinzas obtiveram seus valores praticamente sem alterações. Isto pode ser atribuído à ação concomitante do ácido cítrico e da presença do sulfito no controle de conservação da pasta de alho.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Aditivo, Atividade de água, Antimicrobiano, Qualidade do alho, Dióxido de enxofre.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar