ALERGIA MEDICAMENTOSA EM CRIANÇAS

Code: 210404157
43
17
Título

ALERGIA MEDICAMENTOSA EM CRIANÇAS

Autores(as):
  • Thallita Vasconcelos das Graças

    Graças, Thallita Vasconcelos das

  • Ana Carolina Mac Fadden de Queiroz Guimarães

    Guimarães, Ana Carolina Mac Fadden de Queiroz

  • Ana Mozer Vieira de Jesus

    Jesus, Ana Mozer Vieira de

  • Bruna Almeida de Souza Morais

    Morais, Bruna Almeida de Souza

  • Isabela Abud de Andrade

    Andrade, Isabela Abud de

  • Isabella Tavares Alves

    Alves, Isabella Tavares

  • Maria Eduarda Rech Ferreira

    Ferreira, Maria Eduarda Rech

  • Sophia Sokolowska Klüppel Wanke Acras

    Acras, Sophia Sokolowska Klüppel Wanke

  • Vitória Ellen de Assis Ramos Andrade

    Andrade, Vitória Ellen de Assis Ramos

  • Paulo Henrique de Melo Figueredo Neto

    Figueredo Neto, Paulo Henrique de Melo

DOI
10.37885/210404157
Publicado em

01/07/2021

Páginas

176-184

Capítulo

10

Resumo

A alergia medicamentosa é caracterizada por uma reação imunológica do organismo decorrente do contato com o princípio ativo de um determinado fármaco. As alergias constituem uma fração importante dos eventos adversos a medicamentos. As reações podem ser previsíveis e imprevisíveis, sendo consideradas em problema de saúde pública. As manifestações, classificam-se também como imediatas e não imediatas. Em maior evidência destacam-se as cutâneas, sejam elas vermelhidão corpórea, prurido, placas de urticária e mais tardiamente, exantema e bolhas. Em alguns casos pode haver comprometimento das vias aéreas, e, em maior gravidade pode ocorrer até mesmo choque anafilático. Para o diagnóstico adequado é necessária uma história clínica bem detalhada, juntamente com as manifestações correspondentes de um quadro alérgico. Vale ressaltar que deve ser de conhecimento qual fármaco foi utilizado, tempo de uso, dosagem e frequência. O exame físico é de extrema importância para identificar a gravidade do quadro, excluir reações não associadas a este medicamento, bem como guiar para a classificar o quadro de hipersensibilidade. Alguns exames auxiliam no diagnóstico como o teste in vitro de medição da IgE sérica ou um teste in vivo de Provocação Cutânea. A terapêutica inicial é a suspensão imediata do fármaco e tratamento dos sintomas associados.

Palavras-chave

Alergia, Criança, Medicamentos.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.