UTILIZAÇÃO DE HIDROLISADO DE SABUGO DE MILHO PARA PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO POR IMOBILIZAÇÃO DE SACCHAROMYCES CEREVISIAE ATCC 26602

Code: 221211268
Downloads
18
Views
106
Compartilhe
Título

UTILIZAÇÃO DE HIDROLISADO DE SABUGO DE MILHO PARA PRODUÇÃO DE ETANOL DE SEGUNDA GERAÇÃO POR IMOBILIZAÇÃO DE SACCHAROMYCES CEREVISIAE ATCC 26602

Autores(as):
  • Mariane Daniella Da Silva

  • Marcello Lima Bertuci

  • Lucas José De Souza Amorim

  • Crispin Humberto Garcia-cruz

DOI
  • DOI
  • 10.37885/221211268
    Publicado em

    29/12/2022

    Páginas

    252-271

    Capítulo

    18

    Resumo

    A crescente procura por alternativas aos combustíveis fósseis geram muitas pesquisas para a produção de bioetanol. Desse modo, com o aumento desse mercado e, consequentemente, evolução tecnológica, o setor de produção do etanol de segunda geração apresentou uma expansão global. Contudo, visando a preocupação em produzir alternativas em relação ao meio-ambiente e não ter, apenas, uma maneira de produzir etanol no Brasil, que não seja da cana-de-açúcar, motivou muitos pesquisadores a diversificar suas metodologias para investirem em novos resíduos. Com isso, o mercado do milho está em alta global e demonstrou ser um alimento muito utilizado tanto para alimentação, quanto para outros fins. Portanto, o objetivo desse trabalho foi produzir etanol de segunda geração a partir de hidrolisado de sabugo de milho com a imobilização de Saccharomyces cerevisiae. Para isso, foi realizada a hidrólise ácida do sabugo de milho com ácido sulfúrico a 2,5%. Após, uma parte da amostra de hidrolisado foi separada para ser desintoxicada com carvão ativado. Em seguida, a composição de açúcares totais, açúcares redutores e compostos fenólicos foram analisados para cada um dos resíduos produzidos, que eram o hidrolisado bruto e o hidrolisado desintoxicado, em espectrofotômetro. A partir dos resultados percebeu-se que os mesmos indicavam uma condição ótima para a realização da fermentação.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Fermentação, Combustível, Resíduos, Celulósicos.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH IX

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar