O CRIME ORGANIZADO A PARTIR DA PERSPECTIVA DA TEORIA ESTRUTURALISTA COERCITIVA

Code: 220909942
Downloads
15
Views
77
Compartilhe
Título

O CRIME ORGANIZADO A PARTIR DA PERSPECTIVA DA TEORIA ESTRUTURALISTA COERCITIVA

Autores(as):
  • Rodrigo Da Silva

  • Juliane Sachser Angnes

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220909942
    Publicado em

    01/11/2022

    Páginas

    1356-1369

    Capítulo

    94

    Resumo

    Neste estudo, nos propomos em entender a estrutura organizacional existente dentro do crime organizado, a partir da perspectiva da teoria estruturalista focana na visão coercitiva. Para isso, realizamos uma pesquisa qualitativa, tendo como objeto de análise os relatos de um ex-integrante do crime organizado. Os dados foram coletados no mês de julho de 2019, por meio de entrevista gravada e acompanhamento in loco no local de trabalho, no qual Luiz busca desenvolver sua nova profissão. Após as transcrições, analisamos os dados a partir da fundamentação teórica referente a estruturalismo organizacional, sobre o tipo coercitivo proposto por Amitai Etzioni. Os resultados apontaram que o crime organizado possui uma estrutura organizacional fixa, independente da alteração de seus atores. Além disso, observou-se um modelo organizacional coercitivo, ocorrendo conforme as regras estabelecidas pelos criminosos, alienando seus integrantes e gerando uma obediência mecânica.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Crime organizado, Teoria estruturalista coercitiva, Obediência mecânica.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH VI

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar