LEVANTAMENTO ETNOBOTÂNICO DE PLANTAS MEDICINAIS NA COMUNIDADE GUAJARÁ DE CARAPAJÓ, CAMETÁ-PA

Code: 221010721
Downloads
23
Views
65
Compartilhe
Título

LEVANTAMENTO ETNOBOTÂNICO DE PLANTAS MEDICINAIS NA COMUNIDADE GUAJARÁ DE CARAPAJÓ, CAMETÁ-PA

Autores(as):
  • Messias Gonçalves Cruz

  • Manoel Leão Lopes Junior

  • Manolo Cleiton Costa Freitas

  • Ana Carolina Gomes De Albuquerque Freitas

  • Lourivaldo Da Silva Santos

  • Marivaldo José Costa Corrêa

  • Railda Neyva Moreira Araújo

  • Luely Oliveira Silva

  • Wandson Braamcamp De Souza Pinheiro

DOI
  • DOI
  • 10.37885/221010721
    Publicado em

    29/12/2022

    Páginas

    1408-1431

    Capítulo

    93

    Resumo

    Este trabalho de pesquisa busca trabalhar a temática das plantas medicinais como elementos que constituem a parte da biodiversidade e são largamente utilizadas desde os primórdios da civilização por vários povos de diversas maneiras. Atualmente, cerca de 80% da população utiliza recursos da medicina popular para tratamento de alguma doença, sendo que os conhecimentos das técnicas utilizadas e o emprego são transmitidos por gerações de forma oral. O presente trabalho consiste em um levantamento etnobotânico no qual foram investigados a diversidade e o uso de plantas medicinais na comunidade de Guajará de Carapajó situados no município de Cametá, estado do Pará. Desta forma este estudo tem como objetivos resgatar e registar os conhecimentos tradicionais relativos às plantas de uso medicinal pela comunidade de Guajará, realizando sua identificação botânica e registrando o uso prático. No trabalho de campo foram realizadas entrevistas semiestruturadas para a coleta de dados etnobotânicos e o universo amostral foi constituído de 20 informantes. Durante a coleta do material botânico os entrevistados utilizaram as técnicas usuais para a coleta de material em campo, na qual foram registradas 35 espécies incluídas em 29 famílias e 30 gêneros. As famílias mais citadas foram: Arecaceae, Lamiaceae, Fabaceae, Amaranthaceae, Apocynaceae, Asteraceae, Bignoniaceae, Leguminosae e Malvaceae. Os dados obtidos na comunidade de Guajará de Carapajó, demonstram que a comunidade é detentora de um conhecimento rico sobre a flora medicinal da localidade e revela também a diversidade botânica existente nas áreas de estudos.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Etnobotânica, Conhecimento tradicional, Plantas medicinais.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH VII

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar