INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

Code: 221211353
Downloads
4
Views
67
Compartilhe
Título

INSTITUCIONALIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

Autores(as):
  • Alessandra Pessoa Coimbra

  • Lucio França Teles

DOI
  • DOI
  • 10.37885/221211353
    Publicado em

    29/12/2022

    Páginas

    802-816

    Capítulo

    56

    Resumo

    A presente pesquisa teve como objetivo principal avaliar o processo de institucionalização da Educação a Distância - EAD na Universidade de Brasília – UnB. A pergunta principal da tese é: quais os elementos que compõem o processo de institucionalização da Educação a Distância na Universidade de Brasília? Para tanto, foi realizado um estudo de caso (Yin, 2010) de natureza qualitativa, tendo a Teoria Institucional como aporte teórico de Selznick (1996). Utilizaram-se como opções metodológicas a análise documental, os registros em arquivo e as entrevistas que culminaram em um protocolo de estudo de caso responsável por orientar todo o percurso até a análise dos dados. Em relação a pergunta principal, descobriu-se que os elementos que compõem o processo de institucionalização são divididos em Estágios: pré-institucionalização, semi- institucionalização e total Institucionalização; Fases: habitualização, objetificação e sedimentação; e em Categorias Isomórficas: ismomorfismo coercitivo, ismomorfismo mimético e ismomorfismo normativo. Diante dos resultados encontrados, constatou-se que há de se respeitar os estágios e as fases do processo de institucionalização e que há de se saber conviver com as categorias isomórficas, o que poderá, de certa forma, se não garantir que o processo avance, indicar o ponto em que ele se encontra e as medidas necessárias para que ele siga adiante com mais segurança. Assim, a tese proposta neste estudo foi confirmada por defender a ideia de que incluir EaD em documentos institucionais não irá garantir sua continuidade. Tal inserção poderá até resolver, em parte, o problema da legislação e normatização, mas não a sua permanência na Universidade. E mais, caso o Governo federal encerre o programa Universidade Aberta do Brasil, a modalidade a distância na UnB não precisa ser encerrada em virtude de possíveis ajustes serem realizados no âmbito da própria Universidade visando a continuidade dessa modalidade. Trazendo essa discussão para o contexto atual, importante destacar que já temos mais de 15 anos do programa UAB na UnB e a educação a distância ainda não está institucionalizada com o devido reconhecimento e importância que a modalidade merece, contrário o calendário letivo de 2020 a 2022 não teria sido interrompido durante a pandemia da covid19, como não foi interrompido nas instituições da rede privada de ensino que, em menos de um mês do anúncio de “lockdown” ou fique em casa, as aulas presencias passaram a ser ministradas remotamente de forma emergencial, evitando vários prejuízos a comunidade acadêmica, dentre eles a evasão.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Teoria Institucional, Institucionalização, Educação a Distância, Universidade Aberta do Brasil, Universidade de Brasília.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH IX

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar