ESTRATÉGIAS NO TRATAMENTO DE DENTE TRAUMATIZADO, ÁPICE ABERTO E PERDA ÓSSEA COM BARREIRA APICAL DE DISSILICATO DE CÁLCIO E CIRURGIA PAREDODÔNTICA

Code: 221211273
Downloads
21
Views
88
Compartilhe
Título

ESTRATÉGIAS NO TRATAMENTO DE DENTE TRAUMATIZADO, ÁPICE ABERTO E PERDA ÓSSEA COM BARREIRA APICAL DE DISSILICATO DE CÁLCIO E CIRURGIA PAREDODÔNTICA

Autores(as):
  • Caroline Piske De Barbosa

  • Marcos Coelho Santiago

  • Rodrigo Nogueira Aucélio

DOI
  • DOI
  • 10.37885/221211273
    Publicado em

    29/12/2022

    Páginas

    400-416

    Capítulo

    28

    Resumo

    Dentes imaturos necrosados apresentam dificuldade ao tratamento endodôntico por suas paredes finas, canais largos, ápice aberto e divergente. Além de dificuldades do preparo químico mecânico e obturação, com prognóstico duvidoso pelo risco de fraturas. O objetivo desse estudo é relatar sobre o tratamento de paciente adulta com dente 21 imaturo necrosado e abcedado. Esse é um estudo observacional descritivo sobre os procedimentos realizados de dezembro de 2021 a maio de 2022. A queixa principal foi o escurecimento da coroa, abcesso e leve sensibilidade. A coleta de dados foi realizada por radiografias, tomografias e fotografias intraorais. Imagens radiográficas foram compatíveis com granuloma apical e rizogênese incompleta. O diagnóstico periodontite periapical crônica. Indicação de necropulpectomia, apicificação com plug apical(Bio C Repair- Angelus), obturação com guta percha e BioC Sealer(Angelus). A sintomatologia retornou após três mêses da obturação. Indicada abordagem cirúrgica e confirmada presença de trincas oblíquas radiculares. Foi realizada curetagem cística periapical, apicectomia, retroobturação com dissilicato de cálcio CIMMO, enxerto ósseo/membrana com Lumina Bone(Criteria). Dentes imaturos com histórico de trauma exigem estratégias avançadas de tratamento. Plug apical com biocerâmicos possibilita a vedação e obturação segura do ápice. A ressecção apical, curetagem e enxerto ósseo possibilitam a cicatrização dos tecidos e manutenção da função dentária. A dificuldade na identificação de trincas radiculares por exames radiográficos/tomográficos torna o momento cirúrgico ímpar. Consideramos as estratégias empregadas as mais coerentes com o desejo do paciente e com as condições tecnológicas existentes.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Periodontite Apical Supurativa, Apicificação, Materiais Biocompatíveis, Agregado trióxido mineral, Biocerâmicos.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH IX

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar