ESTÓRIAS COMO RECURSO DIDÁTICO FORMATIVO NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DE PEDAGOGOS: A PRODUÇÃO FICCIONAL COMO RECURSO DIDÁTICO SOB ÓTICA DO MODELO DOS CAMPOS SEMÂNTICOS

Code: 221010548
Downloads
2
Views
62
Compartilhe
Título

ESTÓRIAS COMO RECURSO DIDÁTICO FORMATIVO NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DE PEDAGOGOS: A PRODUÇÃO FICCIONAL COMO RECURSO DIDÁTICO SOB ÓTICA DO MODELO DOS CAMPOS SEMÂNTICOS

Autor(a):
  • Henrique Fernandes Da Silva

DOI
  • DOI
  • 10.37885/221010548
    Publicado em

    29/12/2022

    Páginas

    618-632

    Capítulo

    41

    Resumo

    Ao dizer sobre teorias e práticas no Ensino Superior, percebe-se que nem todos os acadêmicos conseguem participar de atividades curriculares tais como Ensino, Pesquisa e Extensão ou estágios extracurriculares. Há vários motivos plausíveis pelos quais um sujeito cognitivo pode ser excluído e não desenvolver-se apesar da disposição de dedicação a atividades práticas curriculares. Logo, surge a questão: em qual contexto esse sujeito cognitivo em formação poderia constituir-se produzindo significados às noções teóricas apresentadas durante sua formação? Noutras palavras, quando se diz “na teoria é uma coisa e na prática é outra”, seria possível ler isso como um pedido de ajuda para compreender o que se está sendo dito? Sem base de experiência histórica e cultural naquele contexto onde tais teorias e vocabulários seriam devidamente significados pelos estudantes, como esperar que este vá em direção a o que espera o professor? Haverão estranhamentos que evidenciaram que estudante e professor operam em base de experiências oriundas de contextos distintos. Proponho aqui um exercício empírico de criação de estórias com a finalidade de viabilizar a possibilidade de utilizar esse recurso didático para a formação docente (neste artigo, direcionado para Pedagogos que ensinarão matemática na Educação Básica). Viso aqui produzir e propor uma literatura ficcional que possa ilustrar a diferença sob ótica do Modelo dos Campos Semânticos (LINS, 2012), dentro de um contexto ou cenário plausível que possibilite condições para a produção de um “lugar” que auxilie no processo de produção de significado de estudantes quando enfrentam teorias pedagógicas enquanto desacompanhados da prática.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Modelo dos Campos Semânticos, Recurso didático, Pedagogia, Ficção, Formação de professores.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH VII

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar