VIDA DE PRATELEIRA DE OVOS DE POEDEIRAS COM EXTRATO DE ACÁCIA NEGRA NA DIETA EM SISTEMA ORGÂNICO DE PRODUÇÃO

Code: 231014861
12
0
Título

VIDA DE PRATELEIRA DE OVOS DE POEDEIRAS COM EXTRATO DE ACÁCIA NEGRA NA DIETA EM SISTEMA ORGÂNICO DE PRODUÇÃO

Autores(as):
  • Fernanda De Barros Viana

    Viana, Fernanda de Barros

  • Maite De Moraes Vieira

    Vieira, Maite De Moraes

  • Andrea Troller Pinto

    Pinto, Andrea Troller

  • Alessandra Terezinha Wolter

    Wolter, Alessandra Terezinha

  • Bruna Poletti

    Poletti, Bruna

DOI
10.37885/231014861
Publicado em

30/12/2023

Páginas

207-221

Capítulo

12

Resumo

O ovo é um produto perecível e o processo de perda da qualidade interna começa após a postura. A perda de qualidade é inevitável e ocorre de forma contínua. Existem legislações vigentes no Brasil quanto à temperatura e estocagem de ovos comerciais, no entanto, ainda são necessárias pesquisas sobre a vida de prateleira de ovos provenientes do sistema orgânico. O extrato de acácia negra possui atividade antioxidante que pode contribuir para melhorar a vida de prateleira dos ovos e pode ser utilizado em sistema orgânico. O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito da adição extrato de acácia negra na dieta de poedeiras em sistema orgânico sobre a vida de prateleira de ovos. Os 60 ovos foram coletados em uma propriedade com certificação de produção orgânica, onde 40 aves marrons de 51 semanas de idade receberam extrato de acácia negra (Acacia mearnsii) na dieta (0, 150, 300 e 450 mg/kg de tanino condensado) durante 28 dias. As avaliações de qualidade foram realizadas nos dias: 0, 7, 14, 21 e 28 dias de armazenamento em sala com controle de umidade e temperatura. Utilizou-se um fatorial 5 (dias de armazenamento) x 4 (níveis de tanino) com 12 repetições cada. Foi analisada a espessura da casca, gravidade específica, porcentagem de casca, gema e albúmen, altura de Albúmen e unidade Haugh. Não houve interação significativa entre os fatores testados nas características de qualidade de ovos avaliadas. A adição de extrato de acácia negra na dieta não afetou a qualidade externa e interna dos ovos. O tempo de armazenamento afetou significativamente a qualidade dos ovos, que apresentaram perdas à medida que aumentou o tempo, com prejuízo na gravidade específica, altura de albúmen e unidade Haugh. Conclui-se que a adição de extrato de acácia negra na dieta das aves não apresentou efeitos prejudiciais na vida de prateleira dos ovos. A vida de prateleira dos ovos diminuiu com o tempo de armazenamento estando aptos para o consumo até 14 dias de avaliação considerando gravidade específica, altura de albúmen e unidade Haugh adequadas.

Palavras-chave

qualidade de ovos, ovos marrons, unidade Haugh.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.