VARIAÇÕES ANATÔMICAS VASCULARES HEPÁTICAS E SUAS IMPLICAÇÕES NO TRANSPLANTE DE FÍGADO: REVISÃO DE LITERATURA

Code: 230412700
18
0
Título

VARIAÇÕES ANATÔMICAS VASCULARES HEPÁTICAS E SUAS IMPLICAÇÕES NO TRANSPLANTE DE FÍGADO: REVISÃO DE LITERATURA

Autores(as):
  • Maria Eduarda Tinti

    TINTI, M. E.

  • Jesana Costa Lopes

    LOPES, J. C.

  • Gabriela Ortega Coelho Thomazi

    THOMAZI, G. O. C.

DOI
10.37885/230412700
Publicado em

30/04/2023

Páginas

230-240

Capítulo

19

Resumo

Objetivo: Revisar a literatura acerca da relação entre variações anatômicas vasculares hepáticas e suas implicações nos transplantes. Métodos: Revisão sistemática de literatura com os descritores “variação anatômica”, “fígado” e “transplante de fígado” nas bases PubMed, CAPES, Scielo e Lilacs, incluídos artigos em inglês e português, publicados entre 2012 e 2022, excluídos os estudos de revisão, relato de caso, metanálises, guidelines, estudos em animais e em duplicidade. Resultados: Foram utilizadas as (1) Classificação de Michels, mais frequentes as variações na artéria hepática esquerda ramo da gástrica esquerda (tipo II) e hepática direita ramo da mesentérica superior (tipo III), além de serem encontrados os tipos IV e V, em seis estudos; (2) Classificação de Hiatt, frequente os tipos II e III, em três estudos; (3) Classificação segundo Pinal-Garcia presente o tripé verdadeiro e o tripé falso do tronco celíaco em um estudo; (4) Classificação de Couinaud, referente a variações no sistema porta-hepático, frequente os tipos C e B, em um estudo e (5) classificação própria em um estudo. Ainda, um estudo usou duas classificações: Michel e Hiatt. Um estudo não usou nenhuma classificação, entretanto relatou a variação da artéria hepática acessória e um estudo relatou variações na artéria cística. Conclusão: No transplante hepático, o conhecimento da anatomia do enxerto deve ser de conhecimento do cirurgião, a fim de evitar complicações pós-operatórias. Os resultados mostram que o estudo das variações anatômicas é essencial para um procedimento cirúrgico bem sucedido.

Palavras-chave

Fígado, Transplante, Variação anatômica.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.