TERAPIAS VIBRACIONAIS VALIDADAS ENQUANTO PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES

Code: 211206954
42
8
Título

TERAPIAS VIBRACIONAIS VALIDADAS ENQUANTO PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES

Autores(as):
  • Jackeline Queiros

    Queiros, Jackeline

  • Keila Moreira Batista

    Batista, Keila Moreira

DOI
10.37885/211206954
Publicado em

16/01/2022

Páginas

183-192

Capítulo

16

Resumo

Os sistemas holísticos de cura futuros combinarão os da medicina tradicional com os sistemas holísticos de cura, para diagnosticar as enfermidades e prescrever tratamento(s) simultâneo(s) para todos os corpos de energia e o físico, incorporando os processos de cura internos e externos. Neste contexto, este acompanhamento clínico foi realizado durante 8 anos, avaliando a eficácia de terapias vibracionais empregadas concomitantemente a tratamentos médicos e cirúrgicos tradicionais, visando validá-las enquanto Práticas Integrativas e Complementares. Em 2009, o Senhor P foi atendido por Terapeuta Vibracional na Bahia, com histórico de resistência a fungos. A leitura Radiestésica com Pêndulo de Cristal Transparente mostrou que ele ainda vivenciava hepatite C no corpo energético, sendo necessária a restauração do fígado energético com Reiki. As vesículas energética e física estavam afetadas segundo a leitura Radiestésica e apresentavam vibração verde musgo sem brilho, sendo necessária, meses depois, cirurgia para retirada da vesícula física. O estômago energético apresentava anomalia que caracterizava tumoração; foi realizada cirurgia energética para remoção e elucidação da chance de instalação desta desordem no estômago físico, fato que ocorreu três anos após. Um ano depois, o cliente foi diagnosticado com Tumor Hipofisário e manteve-se em tratamento com medicina vibracional, com técnicas de Ligth & Magnified Healing, Laser com cristais, Hologramas, Mantras. Durante o acompanhamento Vibracional, a leitura radiestésica indicava a frequência eletromagnética física de cada aplicação de quimioterapia para prepará-lo para a utilização do medicamento, aumentando o padrão vibratório dos seus DNAS físicos e energéticos. Como resultado, o cliente sentia pouco desconforto após a quimioterapia, pois suas células conseguiam imprimir o mínimo da frequência agressiva. Concomitantemente, o Senhor P mantinha um nível emocional e psicológico sem negações a respeito do seu quadro. Desde então vive e sente a vida com seu dinamismo e emana gratidão por estar nesta dança de transformação. Desta forma, pode-se constatar que, neste relato, as terapias vibracionais empregadas concomitantemente aos tratamentos médico e cirúrgico tradicionais, podem ser validadas enquanto Práticas Integrativas e Complementares, haja vista que foram estimulados os mecanismos naturais de prevenção de agravos e recuperação da saúde, com ênfase na escuta acolhedora, no desenvolvimento do vínculo terapêutico e na integração do ser humano com o meio ambiente e a sociedade, pois a Terapeuta Vibracional acolheu o cliente por meio de uma visão ampliada do processo saúde-doença, promovendo o despertar do autocuidado e, consequentemente, o cuidado global.

Palavras-chave

Energia, Validação, Terapias, Medina vibracional.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.