SÍNDROMES MEDULARES

Code: 230312438
149
5
Título

SÍNDROMES MEDULARES

Autores(as):
  • Cristiano Mendonça Sarkis

    Sarkis, Cristiano Mendonça

  • Julia Faustino Nishi

    Nishi, Julia Faustino

DOI
10.37885/230312438
Publicado em

04/05/2023

Páginas

289-296

Capítulo

38

Resumo

As síndromes medulares podem ser divididas em: s índrome de transecção medular, s índrome de secção medular incompleta e s índrome da cauda equina. A s índrome de transecção medular, comumente causada por traumatismos da medula espinhal, manifesta-se com déficits sensitivos e motores completos abaixo do nível da lesão. A síndrome de secção medular incompleta, por sua vez, apresenta manifestações dependentes da região medular lesionada. São exemplos dessa síndrome: s índrome de Brown-Sé quard (hemissecção medular), s índrome medular anterolateral (comprometimento dos funículos anterior e lateral), s índrome cordonal posterior (comprometimento do funículo posterior), e s índrome medular central. Por fim, a s índrome da cauda equina, que consiste na lesão a partir da região terminal da medula espinhal e caracteriza-se principalmente por sintomas sensitivos na região lombar, períneo e membros inferiores.

Palavras-chave

medula espinhal, doenças da medula espinhal; compressão da medula espinhal, lesões da medula espinhal

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.