RELAÇÕES INTERNACIONAIS E GOVERNANÇA DA SAÚDE GLOBAL: UMA ANÁLISE DE POLÍTICAS SANITÁRIAS EM CENÁRIOS DE ENFRENTAMENTO DAS PANDEMIAS

Code: 210504652
Downloads
12
Views
31
Compartilhe
Título

RELAÇÕES INTERNACIONAIS E GOVERNANÇA DA SAÚDE GLOBAL: UMA ANÁLISE DE POLÍTICAS SANITÁRIAS EM CENÁRIOS DE ENFRENTAMENTO DAS PANDEMIAS

Autor(a):
  • Maria Clara Lopes Rolim

DOI
  • DOI
  • 10.37885/210504652
    Publicado em

    31/07/2021

    Páginas

    417-439

    Capítulo

    30

    Resumo

    As reiteradas crises que vemos na saúde global estão ancoradas em elementos que de acordo com as hipóteses desse trabalho podem ser entendidas como a mercantilização da saúde no contexto global. Partindo dessa hipótese podemos analisar que a conduta da comunidade internacional com o surgimento de novas ameaças sanitárias ainda se baseia em interesses controversos, que se desviam do foco epidemiológico para centrarem-se sobretudo no viés político e financeiro. O problema apresentado nesse trabalho consiste que os cenários de emergência sanitária não são novidade em nossa sociedade, estão presentes há décadas, contudo, falhas na governança global da saúde parecem se repetir. É preocupante observar através dos anos o enfrentamento de pandemias e o surgimento de tantas iniciativas, medidas e atores, mas que ainda são insuficientes para dar conta dos problemas.Observa-se uma recorrente marginalização da saúde, campo que segue cada vez mais a lógica financeira. Há uma falta de organização das OMS, portanto, é importante discutir o papel da OMS como agência reguladora em meio a frequente fragilização de sua governança e tentativa de recuperar a confiança dos Estados, que por sua vez dificultam ainda mais o processo devido à falta de cooperação e comprometimento. A pandemia escancarou a capacidade de muitos Estados em ofertarem para sua população requisitos mínimos de segurança e defesa, capacidade muito associada ao sistema produtivo nacional. A discrepância socioeconômica dos países também foi fator determinante para o sucesso da implementação de medidas sanitárias e é preciso questionar o quanto a globalização da saúde melhora ou acentua a desigualdade entre nações. Por isso é preciso refletir acerta do tema e questionar as diretrizes que estão sendo traçadas.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    OMS; Saúde Global; Relações Internacionais; Pandemia; Covid 19.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar