QUALIDADE SANITÁRIA DE SEMENTES DE GIRASSOL APÓS TRATAMENTO COM FOSFITO DE POSTÁSSIO

Code: 220308047
Downloads
4
Views
19
Compartilhe
Título

QUALIDADE SANITÁRIA DE SEMENTES DE GIRASSOL APÓS TRATAMENTO COM FOSFITO DE POSTÁSSIO

Autores(as):
  • Arinaldo Pereira Silva

  • Josineide Rodrigues da Costa

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220308047
    Publicado em

    02/04/2022

    Páginas

    126-132

    Capítulo

    10

    Resumo

    A avaliação da qualidade sanitária serve para diminuir ou evitar a disseminação destes organismos fitopatogênicos presentes nas sementes para outros locais. Objetivou-se avaliar o efeito de fosfito de potássio no tratamento de sementes de girassol. Foram selecionadas, de forma aleatória,1800 sementes de girassol, sendo 300 sementes por tratamento, sendo subdivididas em 6 repetições de 50 sementes. Os tratamentos consistiram na aplicação de diferentes doses, 0%, 2%, 4%, 6%, 8% e 10%) de fosfito de potássio (P2O5: 28% e K2O: 26%), sendo 0% a testemunha tratada com água destilada. Após tratamento as sementes foram colocadas depositadas sobre papel filtro contido no interior de recipientes de poliestireno transparente, permanecendo em temperatura ambiente por sete dias para as avaliações diárias da incidência de fungos. Com os resultados obtidos foram calculadas as variáveis: Porcentagem de germinação (%G), Índice de velocidade de germinação (IVG) e Tempo médio de germinação (TMG). Foi observado redução, diretamente proporcional, da incidência de fungos nas sementes conforme o aumento da concentração de fosfito de potássio.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Patologia de semente, Tratamento alternativo, Tratamento de semente.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar