QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE ANADENANTHERA COLUBRINA TRATADAS COM NITRATO DE POTÁSSIO E SUBMETIDAS AO ESTRESSE SALINO

Code: 200800835
Downloads
13
Views
19
Compartilhe
Título

QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE ANADENANTHERA COLUBRINA TRATADAS COM NITRATO DE POTÁSSIO E SUBMETIDAS AO ESTRESSE SALINO

Autores(as):
  • Talyta de Carvalho Ferreira

  • Amanda Karoliny Fernandes Ramos

  • Jackson Araújo Silva

  • Thiago Pereirade Paiva Silva

  • Márcio Dias Pereira

DOI
  • DOI
  • 10.37885/200800835
    Publicado em

    29/10/2020

    Páginas

    704-709

    Capítulo

    54

    Resumo

    Os solos de plantio nem sempre apresentam condições ótimas, como ocorre em regiões áridas e semiáridas, muitos deles são salinos, sódicos ou com déficit hídrico. A presente pesquisa teve como objetivo avaliar a germinação de sementes de Anadenanthera colubrina (Angico branco) tratadas com KNO₃ e posteriormente submetidas a condições de estresse salino. Os tratamentos conduzidos foram: (1) sementes não tratadas e (2) sementes tratadas com nitrato de potássio (1,0 Mmol/L) por 24 horas. As sementes de ambos os tratamentos foram submetidas ao estresse salino, no qual se utilizou soluções de cloreto de sódio (NaCl) nas concentrações de 0, 90, 120 e 150 mmol/L, avaliadas pelos testes de germinação e vigor. O experimento foi conduzido no esquema fatorial 2 x 6 (KNO₃ x NaCl) e os resultados submetidos as análises de variância e de regressão. O tratamento das sementes com KNO₃ influenciou potencialmente no comprimento da raiz, mesmo em sementes submetidas ao estresse salino.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    germinação, vigor, KNO₃

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar