PSICOFISIOLOGIA CRIMINAL EM FOCO: A PRISÃO TRANSFORMA O CRIMINOSO EM NÃO CRIMINOSO?

Code: 210604912
Downloads
14
Views
70
Compartilhe
Título

PSICOFISIOLOGIA CRIMINAL EM FOCO: A PRISÃO TRANSFORMA O CRIMINOSO EM NÃO CRIMINOSO?

Autor(a):
  • Domingos Bombo Damião

DOI
  • DOI
  • 10.37885/210604912
    Publicado em

    30/07/2021

    Páginas

    112-122

    Capítulo

    7

    Resumo

    O presente estudo foi desenvolvido no âmbito de uma revisão bibliográfica constituída por livros e artigos científicos. A partir da literatura especializada o objectivo deste trabalho foi compreender o papel da prisão no processo de transformação do criminoso em não criminoso, e analisar os efeitos da privação de liberdade para o criminoso. Para isso, fez-se uma busca nas bases de dados SciELO, Biblioteca Virtual de Saúde, LILACS e INDEXPSI. Daí, concluiu-se que a prisão pode transformar o criminoso em não criminoso desde que se leve em consideração aspectos que tem a ver com o criminoso, o sistema prisional, as politicas públicas e a sociedade. Logo, por si só a prisão não consegue transformar o criminoso em não criminoso, porque a transformação do criminoso em não criminoso deve passar pelo processo de recuperação, ressocialização e reintegração social com a participação da sociedade e todas as instituições responsáveis pelo controlo social formal e informal.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Angola, Sociedade, Criminoso, Ressocialização e reintegração social.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar