PROPAGAÇÃO VEGETATIVA DE ESTACAS FLORESCIDAS DE LAVANDULA DENTATA SOB DIFERENTES CORTES FISIOLÓGICOS

Code: 210303585
Downloads
15
Views
30
Compartilhe
Título

PROPAGAÇÃO VEGETATIVA DE ESTACAS FLORESCIDAS DE LAVANDULA DENTATA SOB DIFERENTES CORTES FISIOLÓGICOS

Autores(as):
  • Jéssica Folchini

  • Claudia Petry

  • Cláudia Braga Dutra

DOI
  • DOI
  • 10.37885/210303585
    Publicado em

    31/03/2021

    Páginas

    27-34

    Capítulo

    2

    Resumo

    Plantas aromáticas, medicinais e condimentares floríferas, como a Lavandula dentata, costumam apresentar longos períodos em estágio reprodutivo, o que dificulta seu uso como matrizes comerciais de propagação vegetativa. Visando avaliar a percentual de enraizamento e comprimento da maior raiz de estacas florescidas ou não de lavanda, submetidas ou não ao corte basal da estaca dentro da água, se realizou essa pesquisa no Núcleo de Estudos em Agroecologia (NEA) da Universidade de Passo Fundo (UPF), região do Planalto Médio do Rio Grande do Sul, Brasil, na primavera de 2016. O experimento bifatorial 2x2 (tipo de estaca x tipo de corte) em blocos casualizados com seis repetições, foi instalado em bandejas de isopor utilizando substrato de casca de arroz carbonizada e conduzido por cinquenta dias em estufa com nebulização. Avaliou-se percentual de enraizamento e comprimento da maior raiz. Após 50 dias, observou-se que a presença da flor prejudicou o enraizamento (diferença de 20%), não sendo significativa no comprimento da maior raiz. O corte basal da estaca dentro da água não afetou o enraizamento. Para a propagação assexuada de lavandas na primavera, recomenda-se o uso de estacas sem a inflorescência.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Lamiaceae; plantas aromáticas; inflorescências; enraizamento

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar