PRODUÇÃO DE BIOGÁS A PARTIR DA CODIGESTÃO ANAERÓBIA DE DEJETOS SUÍNOS E LODO DE FRIGORÍFICO

Code: 201202649
Downloads
22
Views
24
Compartilhe
Título

PRODUÇÃO DE BIOGÁS A PARTIR DA CODIGESTÃO ANAERÓBIA DE DEJETOS SUÍNOS E LODO DE FRIGORÍFICO

Autores(as):
  • Tanize Kollhoff da Silva

  • Franciele da Silva Bruckmann

  • Theodoro da Rosa Salles

  • Juliana Ferreira Soares

  • Cristiano Rodrigo Bohn Rhoden

DOI
  • DOI
  • 10.37885/201202649
    Publicado em

    31/03/2021

    Páginas

    165-175

    Capítulo

    13

    Resumo

    O constante aumento da demanda energética e a necessidade da redução da emissão de gases do efeito estufa (GEE) tem estimulado cada vez mais a busca por novas fontes de energias renováveis. O biogás, uma energia limpa e renovável, obtida por meio da digestão anaeróbia de resíduos orgânicos, torna-se uma fonte alternativa de energia renovável, bem como uma solução para os aspectos econômicos, social e ambiental. Este estudo teve como objetivo investigar a produção de biogás por meio de um sistema de codigestão anaeróbia de lodo de frigorífico e dejetos suínos. O experimento foi realizado em diferentes condições de temperatura, variando de 30 a 50 °C e sob temperatura ambiente (25 °C). O processo de codigestão sob a temperatura de 35 ºC resultou em uma maior produção de biogás, cerca de 2750 mL em 96 horas.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Biogás, Codigestão, Energia renovável, Temperatura

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar