PREVALÊNCIA DE DENGUE CLÁSSICA E DENGUE HEMORRÁGICA NO BRASIL, ENTRE 2011 E 2015

Code: 201001715
Downloads
37
Views
42
Compartilhe
Título

PREVALÊNCIA DE DENGUE CLÁSSICA E DENGUE HEMORRÁGICA NO BRASIL, ENTRE 2011 E 2015

Autores(as):
  • Karina Andrade de Prince

  • Anna Cecília Castro e Abreu

  • Tomaz Dario Fernandez Coelho

  • Tarcísio Veloso Rabelo

  • Thiago Vinícius Dos Santos Ferreira

  • Leonardo Lins Figueiredo

  • Victor de Oliveira Flausino

  • Tercio Cirqueira Correia

DOI
  • DOI
  • 10.37885/201001715
    Publicado em

    30/11/2020

    Páginas

    442-453

    Capítulo

    37

    Resumo

    Objetivo: Investigar a prevalência de internações por dengue clássica e dengue hemorrágica, noBrasil, entre 2011 e 2015. Métodos: Trata-se de estudo epidemiológico transversal, descritivo, deabordagem quantitativa, com dados obtidos por meio de banco de dados gerenciado peloDATASUS. Foram 304.444 casos de internação por dengue e dengue hemorrágica no períodoestudado. Resultados: Para o período do estudo, o ano de maior número de casos para ambas asformas de dengue foi 2011, observa-se um maior predomínio do sexo feminino (53,60%), a faixaetária mais acometida é de 20 a 39 anos (31,3%), a cor/raça mais declarada é a parda, com 42,7%. Aregião Nordeste apresentou o maior número absoluto para ambas as formas de dengue com 128.949casos. A região Sudeste possui a maior proporção de casos de Dengue hemorrágica (4,54%). Já amenor incidência em casos de ambas as formas de dengue encontra-se na região Sul, com apenas10.731. O número de óbitos para cada 1.000 casos no período estudado mostra o ano de 2015 com amaior taxa de óbitos (5,81%). Conclusão: O estudo permitiu constatar as desigualdades regionaisnas políticas de saúde pública como: controle do vetor, eficácia na notificação e equipe de saúdecapacitada para o atendimento.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Dengue, Morbimortalidade, Óbitos, DATASUS.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar