PRÁTICAS EDUCATIVAS DA ENFERMAGEM E O AUTOCUIDADO DOS ADOLESCENTES: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Code: 210203136
Downloads
20
Views
15
Compartilhe
Título

PRÁTICAS EDUCATIVAS DA ENFERMAGEM E O AUTOCUIDADO DOS ADOLESCENTES: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autores(as):
  • Isabelle Cerqueira Sousa

  • Fatima Dayanne Wirtzbiki Ferreira

  • Laurineide de Fatima Diniz Cavalcante

DOI
  • DOI
  • 10.37885/210203136
    Publicado em

    30/04/2021

    Páginas

    205-218

    Capítulo

    16

    Resumo

    O estudo objetiva descrever as relações existentes entre a prática de educação em saúde realizada para o público adolescente, e suas interferências no autocuidado deles, nos âmbitos relativos à prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis através da educação e promoção da saúde. Trata-se de um estudo descritivo, tipo relato de experiência, acerca de uma oficina realizada em uma escola pública estadual, com turmas do ensino médio, sobre a temática das Infecções Sexualmente Transmissíveis. O referencial teórico-metodológico adotado baseou-se nos preceitos da Teoria do Autocuidado de Dorothea Orem. Podemos perceber a importância que as práticas educativas em saúde possuem no contexto da sexualidade dos jovens, e suas possíveis interferências positivas no autocuidado deles. Foi evidenciado que a maior parte dos adolescentes apresentavam dúvidas referentes ao uso de preservativos e sobre as principais infecções sexualmente transmissíveis. Iniciativas que visam à promoção da saúde e a disseminação de saberes acerca da saúde sexual dos jovens são de suma importância na interferência positiva no autocuidado dessa população.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Adolescente, Enfermagem, Síndrome da Imunodeficiência Adquirida.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar