PRÁTICAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS INTERNACIONAL PARA EXPATRIAÇÃO NAS MULTINACIONAIS EARLY E LATE MOVERS

Code: 220207839
Downloads
12
Views
27
Compartilhe
Título

PRÁTICAS DE GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS INTERNACIONAL PARA EXPATRIAÇÃO NAS MULTINACIONAIS EARLY E LATE MOVERS

Autores(as):
  • Alessandra Costenaro Maciel

  • Eduardo de Camargo Oliva

  • Giana de Vargas Mores

  • Edson Keyso de Miranda Kubo

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220207839
    Publicado em

    03/05/2022

    Páginas

    11-28

    Capítulo

    1

    Resumo

    A ascensão das corporações multinacionais em economias emergentes levou a um interesse na compreensão sobre a gestão de recursos humanos em multinacionais presentes por meio de suas subsidiárias no Brasil. O objetivo foi analisar as práticas de International Human Resource Management utilizadas para expatriação nas multinacionais early e late movers. A pesquisa segue uma abordagem qualitativa, com estudo de casos múltiplos, de natureza exploratória e descritiva. Foram adotadas entrevistas, análise documental e observação. Os resultados mostram semelhanças entre os dois grupos analisados, exceto nas práticas de recrutamento e seleção, no desenvolvimento de carreira e nas relações de trabalho. Constatou-se ainda que tanto as multinacionais early quanto as late movers não possuem programas de repatriação pautados no desenvolvimento de carreira, e nem um processo específico para avaliar o desempenho dos expatriados.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Gestão de Recursos Humanos Internacional; Práticas de Expatriação; Multinacionais Early Movers; Multinacionais Late Movers.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar