POLÍTICAS DO ENSINO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: UM OLHAR SOBRE OS GOVERNOS FHC (1995-2002) E LULA (2003-2010)

Code: 200901366
Downloads
7
Views
23
Compartilhe
Título

POLÍTICAS DO ENSINO SUPERIOR PARA O DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO: UM OLHAR SOBRE OS GOVERNOS FHC (1995-2002) E LULA (2003-2010)

Autor(a):
  • Uriel Boianovsky Kveller

DOI
  • DOI
  • 10.37885/200901366
    Publicado em

    17/11/2020

    Páginas

    888-899

    Capítulo

    64

    Resumo

    O presente trabalho identifica e avalia de forma comparativa determinadas políticas de educação superior e seus resultados consolidados durante os governos de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e de Luís Inácio Lula da Silva (2003-2010). A análise dessas informações mostra que ambos governos propiciaram a expansão da rede física e do alunado matriculado no sistema de ensino superior. O primeiro predominantemente pela via privada, enquanto que o segundo propiciou uma expansão equivalente entre as redes pública e privada. Conclui-se que, de modo geral, essa expansão fomentou o processo de desenvolvimento econômico no país pois ampliou a qualificação da classe trabalhadora.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Ensino Superior. Políticas Públicas. Desenvolvimento econômico.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar