PLURALIDADE DA BATATA-DOCE DO CAMPO À MESA: UMA REVISÃO NARRATIVA

Code: 220107403
28
9
Título

PLURALIDADE DA BATATA-DOCE DO CAMPO À MESA: UMA REVISÃO NARRATIVA

Autores(as):
  • Letícia Basílio

    Basílio, L.S.P.

  • Anna Carolina Silva

    Silva, A.C.A.F.

  • Gean Monteiro

    Monteiro, G.C.

  • Pablo Vargas

    Vargas, P.F.

  • Fabio Vianello

    Vianello, F.

  • Giuseppina Lima

    Lima, G.P.P.

DOI
10.37885/220107403
Publicado em

16/02/2022

Páginas

174-190

Capítulo

12

Publicado no livro

OPEN SCIENCE RESEARCH I

Resumo

Neste capítulo apresentamos por meio de revisão de dados e aplicação de questionários tópicos referentes a batatas-doces como produção e fitotecnia, propriedades nutricionais, bioquímicos, consumo e aplicações na indústria. A batata-doce (Ipomoea batatas L.) é uma planta perene de raiz tuberosa, considerada uma cultura de importância econômica e social em diversos países devido ao alto rendimento e ampla adaptabilidade. Possui alto valor nutricional, com excelentes teores de carboidratos, açúcares, minerais, aminoácidos/proteínas, vitaminas, fibra alimentar e alta atividade antioxidante. A forma de consumo é importante, pois influencia diretamente os níveis dos compostos químicos importantes para a saúde. Possíveis refugos e resíduos gerados por processamentos podem ser usados para elaboração de subprodutos, agregando valor, incluindo alto potencial como matéria-prima em segmentos industriais distintos. É uma cultura que faz jus ao crescente interesse da população em alimentos de qualidade nutricional e nutracêutica.

Palavras-chave

Ipomoea batatas L, Produção, Aspectos nutricionais, Bioativos, Aplicações industriais.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.