PERSPECTIVAS DO USO DE GAIOLA INDIVIDUAL OU BAIA COLETIVA NA GESTAÇÃO DE FÊMEAS SUÍNAS EM RELAÇÃO A INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 113/2020

Code: 230713871
26
0
Título

PERSPECTIVAS DO USO DE GAIOLA INDIVIDUAL OU BAIA COLETIVA NA GESTAÇÃO DE FÊMEAS SUÍNAS EM RELAÇÃO A INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 113/2020

Autores(as):
  • Naiara Cristina Dos Santos Silveira

    Silveira, NCS

  • Idael Matheus Góes Lopes

    Lopes, IMG

  • Marcelo Dourado De Lima

    Lima, MD

  • Hemille Antunes Ferreira Miranda

    Miranda, HAF

  • Dayanne Kelly Oliveira Pires

    Pires, DKO

  • Eduarda Da Silva Oliveira

    Oliveira, ES

  • Soraia Viana Ferreira

    Ferreira, SV

  • Camila Raineri

    Raineri, C

  • Ana Luísa Neves Alvarenga Dias

    Alvarenga Dias, ALN

DOI
10.37885/230713871
Publicado em

31/08/2023

Páginas

26-46

Capítulo

2

Resumo

A suinocultura tem alcançado altos níveis de produtividade, mas está passando por mudanças significativas para aprimorar o bem-estar dos animais. Nesse contexto, as instalações utilizadas no setor de gestação estão abandonando as gaiolas individuais em favor das baias coletivas, com o propósito de melhorar o bem-estar durante o alojamento das fêmeas gestantes e, assim, reduzir comportamentos atípicos desencadeados por fatores estressantes nas gaiolas. A adoção de baias coletivas permite que os suínos expressem seus comportamentos naturais e mantenham contato com outras fêmeas, uma possibilidade que não existia nas gaiolas. Apesar disso, estudos têm apresentado resultados contraditórios em relação às vantagens e desvantagens dos parâmetros produtivos decorrentes dessa mudança de infraestrutura. Contudo, devido à crescente preocupação dos consumidores com o Bem-Estar Animal e também em resposta às mudanças nas cadeias internacionais, o Brasil implementou a Instrução Normativa nº 113/2020, que busca garantir condições adequadas de bem-estar nas granjas brasileiras, alinhando-se com as normas internacionais para assegurar a competitividade no mercado externo. Diante do exposto, o objetivo deste estudo foi analisar as possíveis mudanças que ocorrerão na cadeia suinícola nacional, com enfoque nas alterações no alojamento das fêmeas gestantes. Essa análise é fundamental para garantir a sustentabilidade e o sucesso contínuo do setor suinícola, atendendo tanto às demandas dos consumidores quanto às exigências internacionais.

Palavras-chave

bem-estar animal, instalações zootécnicas, gestação coletiva, matrizes suínas, suinocultura.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.