PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DAS FRATURAS DE RÁDIO DISTAL DE PACIENTES INTERNADOS EM UM HOSPITAL DO NORTE DE MINAS GERAIS

Code: 220910129
Downloads
8
Views
7
Compartilhe
Título

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DAS FRATURAS DE RÁDIO DISTAL DE PACIENTES INTERNADOS EM UM HOSPITAL DO NORTE DE MINAS GERAIS

Autores(as):
  • Gabriela Barbosa Silva

  • Rodrigo Braulio França Madureira

  • Leonardo Rodrigo Fernandes

  • Samuel de Paiva Oliveira

  • Alexander Rocha Siqueira

  • Ana Júlia Soares Oliveira

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220910129
    Publicado em

    31/10/2022

    Páginas

    248-261

    Capítulo

    23

    Resumo

    Objetivo: Explorar as características epidemiológicas associadas às fraturas de rádio distal. Métodos: Essa pesquisa apresenta caráter epidemiológico, com delineamento documental, retrospectivo, descritivo e analítico, com amostra composta por 331 pacientes com fraturas de membros superiores cirúrgicas, atendidos entre janeiro de 2018 e dezembro de 2020. Aplicou-se um formulário sociodemográfico para a evolução dos elementos, analisando os dados através da estatística descritiva do programa IBM SPSS Statistics. Estudo foi aprovado por Comitê de Ética em Pesquisa. Resultados: Dos 331 casos atendidos, foram selecionados 90 prontuários de pacientes com fratura de rádio distal. O exemplar apresenta maioria do sexo masculino (66,1%), na faixa etária de 61 – 80 anos (47,8%), sem comorbidades (80%). Indica como principal mecanismo de trauma o acidente automobilístico (36,7%), com as classificações de fratura AO mais frequentes 2R3A2 e 2R3C1 (33,3% cada uma), pequena incidência de refraturas (8,9%) e tempo de internação em sua maioria inferior a uma semana (60%). Utilizou-se na abordagem cirúrgica como principal tipo de implante o Fio de Kirchner (82,2%). Conclusão: O estudo expôs um perfil epidemiológico distinto ao descrito na literatura acessível, assim como opção terapêutica diferente da referida nas bases de dados atuais.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Fraturas do rádio, Epidemiologia descritiva, Fixação interna de fraturas.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar