PERCEPÇÃO DA MELHORA DA SAÚDE DE USUÁRIOSDO SUS QUE PARTICIPAM DAS PRÁTICAS CORPORAISDESENVOLVIDAS PELO NASF DE SORRISO/MT

Code: 230412857
Downloads
1
Views
7
Compartilhe
Título

PERCEPÇÃO DA MELHORA DA SAÚDE DE USUÁRIOSDO SUS QUE PARTICIPAM DAS PRÁTICAS CORPORAISDESENVOLVIDAS PELO NASF DE SORRISO/MT

Autores(as):
  • João Ricardo Gabriel De Oliveira

  • Lucas Grando Scariot

DOI
  • DOI
  • 10.37885/230412857
    Publicado em

    31/05/2023

    Páginas

    254-262

    Capítulo

    15

    Resumo

    Introdução: Atualmente a sociedade mundial está em um momento histórico de morbidade, provocado pelo sedentarismo, os altos índices de doenças crônicas não transmissíveis que são responsáveis pela alta mortalidade que estão diretamente associadas à inatividade física. Objetivo: avaliar percepção da melhora da saúde de usuários do SUS que participam das práticas corporais desenvolvidas pelo NASF de Sorriso – MT. Metodologia: O trabalho caracterizou-se como uma pesquisa de campo de abordagem transversal, descritiva e quantitativa, para a análise de dados foram utilizados frequência e porcentagem, a amostra foi constituída de 167 indivíduos, sendo: 143 mulheres e 24 homens. Resultados: verificou-se que a mulheres são a grande maioria envolvidas nas atividades de práticas corporais sendo 85,6% contra 14,4% são homens com idades variantes de 18 a 59 anos. Em relação a melhora da saúde após a entrada no projeto observou-se que 80,2% perceberam ter melhorado muito, enquanto 17,4 % observaram ter melhorado um pouco.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Doenças Crônicas Não Transmissíveis, Exercício físico e Núcleo Ampliado de Saúde da Família.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH XI

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar