OTITE EXTERNA RECORRENTE EM CÃO CAUSADA POR STAPHYLOCOCCUS AUREUSE PROTEUS MIRABILIS – RELATO DE CASO

Code: 220809814
Downloads
153
Views
164
Compartilhe
Título

OTITE EXTERNA RECORRENTE EM CÃO CAUSADA POR STAPHYLOCOCCUS AUREUSE PROTEUS MIRABILIS – RELATO DE CASO

Autores(as):
  • Yasmim Peixoto Bastos De Lima

  • Inês Maria Barbosa Nunes Queiroga

  • Vanessa Raquel Pinto De Barros

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220809814
    Publicado em

    01/10/2022

    Páginas

    153-160

    Capítulo

    12

    Resumo

    A otite externa canina é a doença do canal auditivo de maior relevância na clínica veterinária, configurando uma infecção do conduto auditivo causada por agentes etiológicos e fatores predisponentes. Há inflamação do epitélio do canal auditivo externo e aumento da produção de cerúmen, além de prurido e dor. Os animais também podem apresentar agitação, nervosismo, e alterações na composição, cor e odor da secreção otológica. A otite externa pode se instalar através dos fatores primários, predisponentes, e perpetuantes, podendo configurar uma otite crônica. Staphylococcus sp., Proteus mirabilis, Escherichia coli, entre outros, são alguns microrganismos causadores da otite por infecção bacteriana. Uma cadela idosa, com 12 anos da raça poodle, apresentou sintomatologia semelhante que indicava otite canina. A paciente foi submetida a exames clínicos e laboratoriais, dentre eles citologia do cerúmen e cultura bacteriana com antibiograma. Os resultados atestaram otite bilateral externa canina, por infecção de bactérias Gram-positivas e Gram-negativas em cada conduto auditivo. O presente relato descreve um caso de otite externa canina bilateral causada por infecção bacteriana de Staphylococcus aureos no conduto auditivo direito e Proteus mirabilis no conduto esquerdo, com tratamento instituído através dos resultados do antibiograma, que apontou o princípio ativo ciprofloxacina como o de menor resistência e melhor eficácia.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Otite externa, Agentes etiológicos, Infecção bacteriana, Antibiograma

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar