O USO DAS TECNOLOGIAS E MÍDIAS DIGITAIS COMO INSTRUMENTO DE RECOMPOSIÇÃO DA APRENDIZAGEM NO ATENDIMENTO PSICOPEDAGÓGICO

Code: 230211924
59
0
Título

O USO DAS TECNOLOGIAS E MÍDIAS DIGITAIS COMO INSTRUMENTO DE RECOMPOSIÇÃO DA APRENDIZAGEM NO ATENDIMENTO PSICOPEDAGÓGICO

Autores(as):
  • Luciene César De Lima

    Lima, L.C.

  • Maria Da Conceição Costa Rivemales

    Rivemales, M.C.C.

  • Marcus Fernando Da Silva Praxedes

    Praxedes, M.F.S.

DOI
10.37885/230211924
Publicado em

01/03/2023

Páginas

1078-1093

Capítulo

78

Publicado no livro

OPEN SCIENCE RESEARCH X

Resumo

As tecnologias e mídias digitais trazem para a educação incontáveis possibilidades exequíveis de vinculação, comunicação, interação mútua e diversificação do aprimoramento do processo de ensino aprendizagem, bem como para as intervenções psicopedagógicas frente às dificuldades de aprendizagem. O período de pandemia causado pela Covid-19 trouxe a necessidade da utilização de ferramentas digitais para assegurar a continuidade dos atendimentos psicopedagógicos e a possibilidade de articulação da aprendizagem. Dessa forma, no presente artigo, que apresenta uma revisão narrativa de literatura, pretende-se analisar as produções científicas que relacionam o uso das Tecnologias e mídias digitais como ferramenta de intervenção psicopedagógica tanto no âmbito escolar como clínico, com o objetivo de refletir sobre as contribuições da terapia psicopedagógica, com o uso das tecnologias. Para a seleção das referidas pesquisas e teóricos, foram consultadas as bases de dados Google Acadêmico, Scielo e PubMed, através das palavras chave: Psicopedagogia, Tecnologia educacional, aprendizagem digital, Dificuldades de Aprendizagem. As investigações apontam que a possibilidades advindas da utilização das tecnologias digitais valorizam o processo de aprendizagem, saindo do tradicionalismo nas metodologias docentes e nos atendimentos psicopedagógicos para a utilização de metodologias ativas, facilitam a aplicação de testes qualitativos psicopedagógicos e da simbolização dos mecanismos de projeção, ambos necessários para investigação do que tem dificultado a aprendizagem deste indivíduo. Além disso, amplia o acesso ao atendimento individualizado, traz celeridade e assertividade, resultando em intervenções mais objetivas e eficientes, ressignificando a orientação das práticas pedagógicas aos professores e reformulando a condução da recomposição da aprendizagem.

Palavras-chave

Psicopedagogia, Tecnologias Digitais, Aprendizagem Digital, Dificuldades de Aprendizagem.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.