O SERVENTE DE PEDREIRO E A EXCLUSÃO SOCIAL NAS RELAÇÕES DE TRABALHO: ANÁLISE SÓCIO-JURÍDICA

Code: 230111728
10
0
Título

O SERVENTE DE PEDREIRO E A EXCLUSÃO SOCIAL NAS RELAÇÕES DE TRABALHO: ANÁLISE SÓCIO-JURÍDICA

Autor(a):
  • Valéria Cristina Barbosa Taveira

    TAVEIRA, Valeria Cristina Barbosa

DOI
10.37885/230111728
Publicado em

01/03/2023

Páginas

2168-2177

Capítulo

151

Publicado no livro

OPEN SCIENCE RESEARCH X

Resumo

Esta investigação científica tem por finalidade promover ampla discussão acerca da exclusão social vivenciada pelos serventes de pedreiros oriunda de segmento trabalhista. Os trabalhadores da construção civil, grupo, objeto desta análise científica, possuem traços de uma cultura de exclusão social que inviabilizam o pleno exercício da cidadania. Prejudicando o bom andamento da vida cívica como um todo. O ambiente laborativo daqueles trabalhadores é palco de inúmeros preconceitos pela maioria da sociedade, o que acarreta a inaplicabilidade de direitos sociais tão inerentes a um Estado democrático de Direito. Sob a égide dos direitos humanos procuraremos reinserir essa categoria de trabalhadores ao bom convívio em sociedade. Buscando assim atenuar os efeitos da exclusão social dos serventes de pedreiro. Além do referencial teórico que subsidia esta análise sócio jurídica, também, foram realizadas entrevistas pessoais com serventes de pedreiro para elucidar as variadas espécies de preconceito vivenciadas pelos trabalhadores da construção civil. Sempre no escopo de promover discussão sobre o tema proposto e formas de reinserção social dos serventes de pedreiro.

Palavras-chave

Serventes de pedreiro, Exclusão social, Relações sociais.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.