O PAPEL DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NO SENSO DE COMPLETUDE HUMANA

Code: 230212057
1
0
Título

O PAPEL DOS JOGOS E BRINCADEIRAS NO SENSO DE COMPLETUDE HUMANA

Autores(as):
  • Wagner Alexandre Queiroz De Azeredo

    Azeredo, Wagner Alexandre Queiroz De

  • Cleomar Ferreira Gomes

    Gomes, Cleomar Ferreira

DOI
10.37885/230212057
Publicado em

30/04/2023

Páginas

51-61

Capítulo

3

Resumo

O presente artigo é um resultado das reflexões experimentadas em uma das disciplinas do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFMT, cuja a qual abordou a temática O direito a linguagem literária e corporal, que por sua vez levou ao questionamento, sobre qual seria o papel dos jogos e brincadeiras para o senso de completude humana. Para tal, este artigo utilizou-se de pesquisa qualitativa bibliográfica, tendo como base os textos discutidos na disciplina de Seminário Avançado I e alguns pensadores dos jogos e brincadeira como Caillois (1990) e Huizinga (2000). Este estudo possibilitou ver que tanto o universo lúdico quanto o literário, são necessidades humanas legitimas, que necessitam ser satisfeitas a posto de serem, direitos incompressíveis necessários a formação que deseja atender de forma integral.

Palavras-chave

Jogos s e Brincadeiras, Educação, Senso de completude.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.