LEITE A2: ASPECTOS QUÍMICOS, BIOQUÍMICOS, EFEITOS NA SAÚDE E MERCADO

Code: 230212218
94
0
Título

LEITE A2: ASPECTOS QUÍMICOS, BIOQUÍMICOS, EFEITOS NA SAÚDE E MERCADO

Autores(as):
  • Augusto César Costa Dos Santos

    Costa dos Santos, Augusto César

  • Juliana Azevedo Lima Pallone

    Pallone, Juliana Azevedo Lima

DOI
10.37885/230212218
Publicado em

31/03/2023

Páginas

278-292

Capítulo

22

Resumo

Leite e derivados lácteos são considerados matrizes ricas em proteínas de alto valor biológico, além de minerais essenciais como cálcio e fósforo. Esse capítulo buscou avaliar a composição química, bioquímica e efeitos à saúde associados ao leite A2, além da avaliação de produção e consumo. Neste contexto, a composição nutricional do leite é de extrema importância para a regulação e o funcionamento do organismo de seu consumidor. O processo digestivo das proteínas do leite é responsável por gerar diferentes moléculas com atividade biológica como peptídeos bioativos, além de β-casomorfinas, conhecidas como peptídeos opioides. O leite A2 é um produto recente no mercado consumidor, equivalente em compostos majoritários ao produto tradicional, mas com um diferencial relacionado à possibilidade de melhor digestibilidade e à produção de menores proporções de β-casomorfina 7 (BCM-7). O estudo deste derivado metabólico já proporcionou diferentes hipóteses associando os diferentes tipos de β-caseína do leite com comorbidades como diabetes mellitus e doenças cardiovasculares. Entretanto, publicações oficiais recentes já esclareceram que ainda não é possível estabelecer relações de causa e efeito entre a ingestão de BCM-7 e a prevalência de comorbidades. Estudos de intervenção dietética têm mostrado resultados distintos em função da regulação gastrointestinal e apontam que o leite A2 pode ser associado a melhores respostas no trânsito intestinal, na redução de sintomas de desconforto digestivo e de intolerância à lactose, assim como menores índices de resposta alérgica e inflamatória em indivíduos com certo grau de intolerância ao leite.

Palavras-chave

Leite bovino, Digestibilidade, β-caseína, Nutrição.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.