LAMINITE CRÔNICA EM EQUINOS: RELATO DE CASO

Code: 220207784
Downloads
78
Views
39
Compartilhe
Título

LAMINITE CRÔNICA EM EQUINOS: RELATO DE CASO

Autores(as):
  • Daiane Cristina Rosa Lacerda

  • Tiago Machado Vieira

  • Gertrud Elisa Campos Edler

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220207784
    Publicado em

    31/05/2022

    Páginas

    115-125

    Capítulo

    8

    Resumo

    A laminite pode ser definida como a inflamação dos tecidos laminares e as causas são multifatoriais. Pode ser classificada em aguda quando aparecem os primeiros sinais clínicos e crônica que geralmente ocorre após 72 horas dos primeiros sintomas. Os principais sinais clínicos observados são a claudicação, dor na região do casco e relutância em se movimentar. O diagnóstico é obtido por meio dos sinais clínicos e exame radiográfico. Existem inúmeros tratamentos para a laminite, entre os mais comuns estão os anti-inflamatórios não esteroidais, crioterapia e suporte para a ranilha. O objetivo desse trabalho é relatar dois casos clínicos, o primeiro caso de uma égua com laminite crônica secundária a retenção de placenta e o segundo de uma égua com laminite crônica decorrente de uma grande ingestão de carboidratos. Geralmente a laminite tem prognóstico reservado, pois depende da rapidez de se fazer o diagnóstico e entrar com tratamento imediato e adequado para o estágio da laminite.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Doença podal, Equino, Laminite crônica.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar