JORGE AMADO E A INTELECTUALIDADE EM 1930: ANÁLISE DA RECEPÇÃO CRÍTICA DE JUBIABÁ

Code: 220709613
Downloads
12
Views
23
Compartilhe
Título

JORGE AMADO E A INTELECTUALIDADE EM 1930: ANÁLISE DA RECEPÇÃO CRÍTICA DE JUBIABÁ

Autor(a):
  • Laudênia Matias Alves de Souza

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220709613
    Publicado em

    30/09/2022

    Páginas

    127-146

    Capítulo

    7

    Resumo

    Objetivo: Discutir, através da análise de críticas publicadas em jornais, o processo de recepção do livro Jubiabá (1935), de Jorge Amado, privilegiando debates intelectuais travados pelo escritor. Métodos: Para tanto, articulamos reflexões acerca da atuação de Jorge Amado no campo intelectual e literário a partir da leitura dos seguintes jornais: Dom Casmurro; Diário de Notícias; O Jornal; A Manhã; Correio da Manhã, mantendo-nos restritos, portanto, à década de 1930 e à cidade do Rio de Janeiro. Resultados: Compreendemos, deste modo, que diante de um amplo e complexo arcabouço político e cultural, este período da história do Brasil foi marcado por intensos debates, promovidos, sobretudo, no seio de uma densa produção artística e literária. Jorge Amado, configura-se como um importante sujeito, que participou ativamente da construção de uma noção de geração, guiada por temas e abordagens politizadas e marcadamente atentas às questões sociais. O livro Jubiabá, neste sentindo, é entendido como o promotor da consagração do autor enquanto um dos principais escritores brasileiros, ainda nos anos iniciais de sua carreira e, para sustentar nossos posicionamentos, privilegiamos uma análise detalhada dos discursos promovidos pelos críticos literários e por um amplo grupo de intelectuais, sobre este romance, nos jornais pesquisados. Conclusão: Concluímos que, com Jubiabá, Jorge Amado alcança um novo patamar de visibilidade e aceitação no campo intelectual que lança as bases para a consolidação de sua glória.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Jorge Amado, Jubiabá, Consagração.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar