INTERAÇÃO GENÓTIPO-AMBIENTE EM PESOS PÓS-DESMAMA DE BOVINOS NELORE CRIADOS NOS ESTADOS DOMARANHÃO, MATO GROSSO E PARÁ

Code: 201202537
Downloads
20
Views
18
Compartilhe
Título

INTERAÇÃO GENÓTIPO-AMBIENTE EM PESOS PÓS-DESMAMA DE BOVINOS NELORE CRIADOS NOS ESTADOS DOMARANHÃO, MATO GROSSO E PARÁ

Autores(as):
  • Thaymisson Santos de Lira

  • Leonardo de Sousa Pereira

  • Leandro Lopes Nepomuceno

  • Emerson Alexandrino

  • Fernando Brito Lopes

  • Raysildo Barbosa Lôbo

  • Jorge Luís Ferreira

DOI
  • DOI
  • 10.37885/201202537
    Publicado em

    02/04/2021

    Páginas

    126-135

    Capítulo

    10

    Resumo

    Variações de ambiente podem influenciar o desempenho genotípico e fenotípico dos animais, assim objetivou-se analisar a interação genótipo-ambiente sobre os pesos pós desmama de bovinos da raça Nelore, criados a pasto, nos Estados do Maranhão (MA), Mato Grosso (MG) e Pará (PA). O estudo foi realizado utilizando-se de dados da raça Nelore cedidos pelo Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore (PMGRN-ANCP), totalizando 23.690 animais registrados desde 1993 a 2010. As estimativas médias e desvios padrão para pesos padronizados aos 365 dias (P365), aos 450 dias (P450) e aos 550 dias (P550) de idade para os estados do MA, MT e PA foram de 213,96 ± 29,70; 244,22 ± 40,76; 245,46 ± 31,67 kg (P365), 241,64 ± 34,15; 285,34 ± 49,15; 280,92 ± 38,76 kg (P450), 274,10 ± 33,58; 339,57 ± 58,12; 337,64 ± 50,34 kg (P550), respectivamente. A variação e os valores encontrados no presente trabalho, para a herdabilidade dos pesos estudados, podem ser considerados coerentes, pois estão dentro da faixa de variação apresentada na literatura. As correlações genéticas entre os desempenhos das progênies de um mesmo reprodutor nos diferentes estados variaram de 0,27 (MA-MT), - 0,16 (MA-PA) e 0,37 (MT-PA) para P365; de 0,29 (MA-MT), - 0,10 (MA-PA) e 0,38 (MT-PA) para P450; e 0,41 (MA-MT), - 0,20 (MA-PA) e - 0,05 (MT-PA) para P550. As menores correlações genéticas foram observadas entre Mato Grosso e Pará, seguidas de Maranhão e Pará, estados com condições ambientais mais contrastantes. Os resultados deste estudo reforçam a presença da interação genótipoambiente para as características analisadas.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    correlação de rank, herdabilidade, sensibilidade ambiental

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar