IMPORTÂNCIA DA GENÉTICA E DA INTERPROFISSIONALIDADE PARA ODONTOLOGIA NA ERA PÓS GENÔMICA

Code: 210404339
Downloads
63
Views
57
Compartilhe
Título

IMPORTÂNCIA DA GENÉTICA E DA INTERPROFISSIONALIDADE PARA ODONTOLOGIA NA ERA PÓS GENÔMICA

Autores(as):
  • Izadora Silveira Fernandes

  • Maria do Carmo de Souza Rodrigues

  • Maria Elizabeth Pimentel Rosetti

  • Flávia Imbroisi Valle Errera

DOI
  • DOI
  • 10.37885/210404339
    Publicado em

    03/06/2021

    Páginas

    188-199

    Capítulo

    13

    Resumo

    Há mais de um século a formação em Odontologia tem sido proposta e vem passando por mudanças na concepção do profissional ideal a ser formado. Em paralelo, a área da genética tem passado por uma revolução sem precedentes, com destaque para três grandes marcos: os trabalhos de Mendel, a descoberta da dupla hélice do DNA por Watson e Crick e o sequenciamento do genoma humano, liderado por Francis Crick. Após a conclusão do Projeto de sequenciamento do Genoma Humano, há cerca de 20 anos, os avanços se intensificaram ainda mais. Os impactos do que chamamos de Era pós-genômica ainda são imprevisíveis, mas podem ser vistos no reconhecimento da base genética de praticamente todas as doenças e na identificação da quase totalidade dos genes e suas variações, bem como na elucidação dos mecanismos causadores dessas doenças. Além disso, uma visão muito mais integrativa da Biologia está se desenvolvendo de forma acelerada como um dos principais desdobramentos dessa grande iniciativa. Por outro lado, apesar desse crescimento, várias formações, incluindo a Odontologia, não avançaram na incorporação desses conhecimentos em seus currículos. Todavia, fica clara a importância dos profissionais se desenvolverem em relação ao reconhecimento de suas limitações, do reconhecimento crescente da atuação interprofissional e do potencial que os cirurgiões-dentistas têm de identificar pacientes com doenças genéticas e contribuir com os serviços de genética, encaminhando pacientes ou mesmo, integrando a equipe multiprofissional nesses serviços. Neste contexto, este capítulo tem o objetivo de demonstrar a importância do cirurgião-dentista para os serviços de Genética, da genética para a formação do cirurgião-dentista reforçando aspectos da interprofissionalidade e apresentar assuntos clássicos ou contemporâneos da área de genética e genômica de maior relevância para a formação. É importante destacar, por fim, que uma formação de qualidade é instrumento de transformação social, uma vez que com as mudanças e planejamento necessário, possibilita além do atendimento mais eficaz, apoio às famílias, promoção da saúde integral e qualidade de vida dos pacientes.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Odontologia. Genética. Interprofissionalidade. Doenças Genéticas.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar