IMPLICAÇÃO DA GLOMERULONEFRITE NA FISIOLOGIA RENAL BOVINA

Code: 220809831
18
1
Título

IMPLICAÇÃO DA GLOMERULONEFRITE NA FISIOLOGIA RENAL BOVINA

Autores(as):
  • Liana Santos Vilela

    Vilela, L. S.

  • Luciano Alves Favorito

    Favorito, L. A.

  • Natasha Teixeira Logsdon

    Logsdon, N. T.

DOI
10.37885/220809831
Publicado em

01/10/2022

Páginas

144-152

Capítulo

11

Resumo

Nos túbulos renais ocorre um processo de seleção do filtrado glomerular, que é formado por água, eletrólitos, glicose, ureia e uma pequena quantidade de proteína. Principalmente água, sódio e glicose serão reabsorvidos, e demais componentes do filtrado seguirão para o processo de excreção. Hemácias, leucócitos e proteínas são maiores que os poros das membranas glomerulares íntegras, e, por isso, uma urina normal quase não apresenta proteínas em seu conteúdo. Um glomérulo que permite a passagem de proteínas não está desempenhando corretamente a sua função e esses danos à barreira glomerular de filtração podem resultar em doenças renais com diversas manifestações clínicas que serão abordadas neste artigo. O objetivo deste trabalho é fazer uma revisão de literatura sobre glomerulonefrites e suas implicações em bovinos para uso na prática da clínica de animais de grande porte.

Palavras-chave

Glomerulonefrite, Síndrome nefrótica, Síndrome nefrítica, Doença glomerular, Proteinúria, Bovinos

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.