IMPERIALISMO ECOLÓGICO: A EXPLORAÇÃO DE LÍTIO NA BOLÍVIA COMO "ALTERNATIVA SUSTENTÁVEL" OU "NOVA MALDIÇÃO"?

Code: 221211505
Downloads
16
Views
8
Compartilhe
Título

IMPERIALISMO ECOLÓGICO: A EXPLORAÇÃO DE LÍTIO NA BOLÍVIA COMO "ALTERNATIVA SUSTENTÁVEL" OU "NOVA MALDIÇÃO"?

Autor(a):
  • Tatiane Anju Watanabe

DOI
  • DOI
  • 10.37885/221211505
    Publicado em

    31/03/2023

    Páginas

    11-33

    Capítulo

    1

    Resumo

    O lítio vem ganhando destaque no século XXI por conta da sua utilização para a fabricação de veículos elétricos, que são colocados como uma “alternativa verde” aos veículos a combustão, que contribuem para o aumento do aquecimento global. Dessa forma, a Bolívia, que é o país com a maior reserva de lítio do mundo, aparece no centro das discussões de um futuro sustentável, mas é preciso questionar o ‘quão sustentável pode ser a exploração de lítio no sistema capitalista?’. Para respondê-lo, o conceito de imperialismo ecológico será utilizado, em que se entende que o desenvolvimento dos países centrais depende da destruição ecológica acentuada na periferia, e que questiona a abordagem do ‘capitalismo verde’, que defende ser possível um desenvolvimento sustentável no capitalismo, assim como a própria lógica de desenvolvimento.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Bolívia, Lítio, Imperialismo ecológico.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar