IMPACTO DA ATIVIDADE FÍSICA SOBRE A INCONTINÊNCIA URINÁRIA - REVISÃO SISTEMÁTICA: IMPACT OF PHYSICAL ACTIVITY ON URINARY INCONTINENCE -SYSTEMATIC REVIEW

Code: 231014771
Downloads
4
Views
21
Compartilhe
Título

IMPACTO DA ATIVIDADE FÍSICA SOBRE A INCONTINÊNCIA URINÁRIA - REVISÃO SISTEMÁTICA: IMPACT OF PHYSICAL ACTIVITY ON URINARY INCONTINENCE -SYSTEMATIC REVIEW

Autores(as):
  • Glaucineide Araujo Nunes De Souza

  • Fabiana Coalho Lino Marchesi

  • Loraine Laisa Gonçalves Mazeto

  • Gustavo Fernando Sutter Latorre

  • Erica Feio Carneiro Nunes

DOI
  • DOI
  • 10.37885/231014771
    Publicado em

    30/12/2023

    Páginas

    98-108

    Capítulo

    7

    Resumo

    O objetivo deste estudo foi discutir o impacto da atividade física sobre a incontinência urinária feminina. Foi realizada uma revisão sistemática de ensaios clínicos, usando as bases de dados PUBMED, LILACS, PEDro e Scielo. Utilizou-se os descritores atividade física, esporte, incontinência urinária e mulheres para a busca. Foram incluídos estudos publicados entre 2005 e 2017, sendo excluídos ensaios em cobaias e duplicados nas bases. Os resultados mostraram que atividades de alto impacto estão relacionadas à incontinência urinária. A maior prevalência foi em praticantes de Jump de 25 a 76%. A prevalência geral de incontinência urinária em praticantes de atividade física ou desporto oscilou de 12,5 a 76%. Desta forma, conclui-se que a prática de atividade física impacta negativamente sobre o assoalho pélvico, e atividades de alto impacto são fortemente correlacionadas à incontinência urinária.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Incontinência Urinária; Mulheres; Exercício.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar