HÁ DIFERENÇA NO CONHECIMENTO ACERCA DOS USOS DE PLANTAS POR COMUNIDADES DE CABOCLOS E QUILOMBOLAS DO PARQUE ESTADUAL E TURÍSTICO DO ALTO RIBEIRA, IPORANGA, SP E SEU ENTORNO?

Code: 210102899
Downloads
7
Views
28
Compartilhe
Título

HÁ DIFERENÇA NO CONHECIMENTO ACERCA DOS USOS DE PLANTAS POR COMUNIDADES DE CABOCLOS E QUILOMBOLAS DO PARQUE ESTADUAL E TURÍSTICO DO ALTO RIBEIRA, IPORANGA, SP E SEU ENTORNO?

Autores(as):
  • Lin Ming

  • Veridiana Toledo Rego

  • Rodrigo De-Prospero

  • Eduardo Callera Pedrosa

  • Miguel Angel Pinedo-Vasquez

DOI
  • DOI
  • 10.37885/210102899
    Publicado em

    01/06/2021

    Páginas

    137-158

    Capítulo

    8

    Resumo

    Para analisar o conhecimento tradicional dos grupos de caboclos e quilombolas do Vale do Ribeira, Iporanga, foi realizado um levantamento etnobotânico dos recursos florestas, procurando avaliar também a importância para essas comunidades, quanto à presença da vegetação e das espécies levantadas e se há diferença no conhecimento acerca do uso dessas plantas entre comunidades de caboclos e quilombolas do Parque Estadual e Turístico do Alto Ribeira e seu entorno, Iporanga, SP. A maior parte das espécies encontradas é de crescimento arbóreo e a categoria de uso mais diagnosticada é construção seguida de artesanato e utensílio. Segundo análise estatística dos dados, não houve diferenças significativas entre os valores indicados pelos grupos de caboclos e quilombolas para cada espécie e família botânica. Talvez pela proximidade entre os bairros, os casamentos entre os integrantes das diferentes comunidades e as influências externas tenham levado a uma relação mais homogênea quanto à importância que cada espécie tem com essas comunidades e quanto à forma de se relacionar com o meio e dele retirar a sua subsistência. O registro das informações do rico conhecimento tradicional das comunidades desta região é importante como forma de valorização e preservação do modo de vida destas populações e dos recursos de que elas dependem.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Conhecimento tradicional, comunidades tradicionais, recursos florestais, Mata Atlântica.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar