GASOMETRIA ARTERIAL: UMA ATUALIZAÇÃO NA ABORDAGEM CLÍNICA

Code: 230412669
Downloads
117
Views
90
Compartilhe
Título

GASOMETRIA ARTERIAL: UMA ATUALIZAÇÃO NA ABORDAGEM CLÍNICA

Autores(as):
  • Ana Paula Lima Da Silva

  • Arielly Catarina Ribeiro De Queiroz

  • Juliana Schneider Machiti Machiti

  • Kecyani Lima Dos Reis

  • Larissa Dos Santos BrandÃo

  • Neyvaldo Da Silva Lopes

  • Rayssa Barros Miranda

  • ValÉria Talissa Ferreira Rodrigues

  • Vanessa StÊfany Ferreira Rodrigues

  • Yanne Thais De Almeida Martins

DOI
  • DOI
  • 10.37885/230412669
    Publicado em

    29/04/2023

    Páginas

    95-106

    Capítulo

    9

    Resumo

    INTRODUÇÃO: A gasometria, ou gasometria arterial, é um exame invasivo que visa revelar os valores do potencial sanguíneo de hidrogênio (pH), pressão parcial de dióxido de carbono (PaCO2 ou pCO2) e oxigênio (PaO2), íon bicarbonato (HCO3) e oxiemoglobina. saturação, principalmente para verificar o equilíbrio ácido-base orgânico. MATERIAIS E MÉTODOS: Trata-se de um estudo exploratório qualitativo, descritivo realizado por meio de revisão bibliográfica. Realizou-se uma busca na literatura referente à gaso¬metria arterial. Foram pesquisados bancos de dados do Scielo (Scientific Eletronic Library Online), Lilacs (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde) e Google Acadêmico, por meio de descritores como: Gasometria Arterial, Princípios da Técnica de Coleta, Interpretação do exame, principais aplicações em doenças e Inovações da técnica. DESENVOLVIMENTO: Em geral, recomenda-se que a coleta de sangue arterial seja realizada na posição sentada, exceto em pacientes acamados, onde o paciente deve ser deixado em repouso por pelo menos 10 minutos antes da punção e antes de qualquer manobra de função pulmonar. A avaliação ácido-base do sangue é realizada na grande maioria dos pacientes atendidos na UTI, independente da patologia de base. Sua avaliação é essencial, pois, além dos desvios no próprio equilíbrio ácido-base, pode fornecer informações sobre a função respiratória do paciente e as condições de perfusão tecidual. O diagnóstico das alterações do EAB é feito através da análise dos valores obtidos na gasometria. CONCLUSÃO: O presente trabalho tem a intenção de simplificar as questões relacionadas ao desequilíbrio ácido básico, assim como seus mecanismos fisiológicos e fisiopatológicos, através de quadros clínicos comuns na prática médica cotidiana. De uma forma didática, este texto tem o intuito de auxiliar no entendimento, diagnóstico e condutas terapêuticas a serem tomadas por profissionais da área médica.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Gasometria Arterial, Princípios da Técnica de Coleta, Interpretação do exame.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar