FRENECTOMIA EM LÁBIO SUPERIOR – RELATO DE CASO

Code: 220107412
Downloads
21
Views
25
Compartilhe
Título

FRENECTOMIA EM LÁBIO SUPERIOR – RELATO DE CASO

Autores(as):
  • Erik Vinicius Barros Guedes

  • Ana Elze Feitosa dos Santos

  • Melissa Pereira de Andrade

  • Raiane Kessya Da Silva Santana

  • Roberta Machado Pimentel Rebello de Mattos

DOI
  • DOI
  • 10.37885/220107412
    Publicado em

    16/02/2022

    Páginas

    848-856

    Capítulo

    72

    Resumo

    O freio labial é uma mucosa gengival localizada nas arcadas superior e inferior da cavidade bucal. Possui variações na forma, tamanho e posição durante os estágios de crescimento e desenvolvimento do indivíduo. O freio patológico, também denominado de freio teto labial persistente, pode trazer consequências ao paciente. Alguns dos problemas são o aparecimento de diastema entre os incisivos, restrição de movimento do lábio, dificuldade na fonação e na escovação dentária, recessão gengival e formação de bolsas periodontais. Para a remoção total do freio labial é indicada uma cirurgia denominada de frenectomia labial. O objetivo deste estudo é relatar o procedimento cirúrgico de um caso clinico com remoção do freio labial maxilar, expondo a importância desta intervenção em restituir autoestima, estética e função ao paciente.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Freio Labial, Frenectomia Labial, Odontopediatria.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH I

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar