FACILIDADES E DIFICULDADES PARA IMPLEMENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO INTERPROFISSIONAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: REVISÃO INTEGRATIVA

Code: 210303717
Downloads
36
Views
129
Compartilhe
Título

FACILIDADES E DIFICULDADES PARA IMPLEMENTAÇÃO DA EDUCAÇÃO INTERPROFISSIONAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE: REVISÃO INTEGRATIVA

Autores(as):
  • Tayná Martins de Medeiros

  • Marcela Eduarda Gomes Grande

  • Phaola Micaela Medeiros

  • Heloanny Karlla de Medeiros Almeida

  • Arthur Barbosa Palmeira Limeira

  • Cristyanne Samara Miranda Holanda da Nóbrega

  • Jéssica Dantas de Sá Tinoco

  • Gilmara Celli Maia de Almeida

DOI
  • DOI
  • 10.37885/210303717
    Publicado em

    28/04/2021

    Páginas

    242-254

    Capítulo

    21

    Resumo

    A Educação Interprofissional (EIP) é um importante subsídio para um processo de trabalho mais integrado, qualificado e resolutivo para a comunidade. No entanto, há dificuldades para sua implementação na atenção à saúde e incorporação das competências colaborativas às práticas desenvolvidas pelos profissionais. Assim, objetiva-se, a partir de uma revisão integrativa, identificar as facilidades e dificuldades para implementação da educação interprofissional na atenção básica em saúde. Para a seleção dos artigos foram utilizadas as bases de dados SciELO, PubMed/MEDLINE, Scopus e a Biblioteca Virtual em Saúde. Foi utilizada a seguinte estratégia de busca: Interprofessional Relations AND Primary Health Care AND Interprofessional Education. Como critérios de inclusão foram considerados artigos completos, publicados em português e/ou inglês, entre os anos de 2015 a 2020, em periódicos nacionais ou internacionais e que retratam as dificuldades e facilidades da implementação da EIP na atenção primária à saúde. Foram encontrados 44 artigos, sendo selecionados 8 para a revisão. As principais barreiras foram relativas a dificuldades de comunicação, falta de integração da equipe, resistência do profissional com ênfase no desenvolvimento de práticas uniprofissionais e biomédico-centradas, bem como escassez de capacitação e educação permanente. As facilidades destacadas referem-se ao estímulo do trabalho em equipe e colaborativo, troca de experiências entre as diferentes profissões, desenvolvimento de habilidades de liderança, bem como maior aproximação e vínculo com a comunidade. Portanto, apesar do avanço das práticas interprofissionais, existem dificuldades em implementar a interprofissionalidade de forma efetiva, sistematizada e ampliada na rede de assistência à saúde.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Educação Interprofissional, Atenção Primária à Saúde, Relações Interprofissionais, Revisão.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar