ESTUDO DE VIABILIDADE FINANCEIRA NA IMPLEMENTAÇÃO DA CULTURA DO MAMÃO - UM ESTUDO DE CASO NA FAZENDA NOVA ESPERANÇA

Code: 230713662
3
0
Título

ESTUDO DE VIABILIDADE FINANCEIRA NA IMPLEMENTAÇÃO DA CULTURA DO MAMÃO - UM ESTUDO DE CASO NA FAZENDA NOVA ESPERANÇA

Autores(as):
  • Daniela De Oliveira Rezende

    Rezende, Daniela de Oliveira

  • Jakelline Vicente Silva

    Silva, Jakelline Vicente

  • Andressa Vicente Silva

    Silva, Andressa Vicente

  • Brunna De Oliveira Queiroz Brunelli

    Brunelli, Brunna de Oliveira

  • Marcos Roberto Alves Da Silva

    Alves da Silva, Marcos Roberto

DOI
10.37885/230713662
Publicado em

18/10/2023

Páginas

83-105

Capítulo

6

Resumo

Objetivo: O objetivo deste estudo é apresentar uma análise financeira viável para um empreendimento agrícola no ramo do agronegócio, mais especificamente um pomar de mamão de 5 hectares localizado em Frutal-MG. Metodologia: O estudo trata-se de um estudo de caso para a fazenda Nova Esperança no município de Frutal – MG e caracteriza-se como uma pesquisa descritiva.. Análise :A análise considera indicadores econômicos e de estrutura patrimonial para avaliar a viabilidade do projeto, visando auxiliar os investidores na tomada de decisões embasadas e na redução dos riscos financeiros. A análise financeira desempenha um papel crucial na garantia do sucesso do projeto agrícola, proporcionando informações essenciais para o planejamento e a gestão adequada do empreendimento. Resultados: O projeto apresenta viabilidade utilizando as técnicas da taxa interna de retorno, valor presente líquido e período de payback.

Palavras-chave

Plantação de mamão, Análise da viabilidade financeira, Empreendedorismo.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.