EFEITO RESIDUAL DE HERBICIDAS NA CULTURA DA ALFACE

Code: 230914408
8
0
Título

EFEITO RESIDUAL DE HERBICIDAS NA CULTURA DA ALFACE

Autores(as):
  • Fernando Henrique Dos Santos

    Santos, Fernando Henrique Dos

  • Wantuir Filipe Teixeira Chagas

    Chagas, Wantuir Filipe Teixeira

  • Igor Leonardo Dos Santos

    Santos, Igor Leonardo dos

  • Amanda Aparecida Costa

    Costa, Amanda Aparecida

  • José Weliton De Morais

    Morais, José Weliton de

DOI
10.37885/230914408
Publicado em

01/12/2023

Páginas

119-125

Capítulo

7

Resumo

Levando em consideração o grande uso de defensivos no meio agrícola, o glifosato, um herbicida do grupo dos fosfonatos, usado no controle de ervas daninhas, foi utilizado em nosso estudo com o objetivo de avaliar o efeito residual na cultura da alface - Lactuca sativa L, foi delineado experimento em blocos com cinco tratamentos (T0 a T4) e três repetições cada, dividido em três canteiros, T0 destinou-se a nossa testemunha (sem aplicação), já o T1 ao T4, que foram os tratamentos testes, o plantio foi realizado com um intervalo de cinco dias para cada. O glifosato foi aplicado em todos os tratamentos no mesmo dia (T1 a T4). O tratamento 1 foi plantado no mesmo dia da aplicação, juntamente da testemunha. 25 dias após os plantios de cada tratamento foram feitas as avaliações pré-programadas para coleta de dados. Observou-se que todos os tratamentos (T1 a T4) apresentaram algum tipo fito toxidez e/ou atraso em seu desenvolvimento, concluindo que o glifosato deixa residual nos solos afetando a cultura da alface após os transplantes das mudas.

Palavras-chave

Residual; Herbicidas; Glifosato.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.