DISFAGIA EM PACIENTES COM QUEIMADURA DE CABEÇA E PESCOÇO: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Code: 221010385
13
0
Título

DISFAGIA EM PACIENTES COM QUEIMADURA DE CABEÇA E PESCOÇO: UMA REVISÃO DA LITERATURA

Autores(as):
  • Cristina Camargo Pereira

    Pereira, C.C.

  • Adriana Luiz Veloso

    Veloso, A.L.

DOI
10.37885/221010385
Publicado em

01/11/2022

Páginas

534-548

Capítulo

36

Publicado no livro

OPEN SCIENCE RESEARCH VI

Resumo

Introdução: As queimaduras em região de cabeça e pescoço podem produzir sequelas na deglutição, comunicação (fala e voz) e motricidade orofacial. A participação do fonoaudiólogo no trabalho com queimaduras tem sido gradativa e ainda necessita de maiores evidências científicas. Objetivo: Descrever a prevalência de disfagia, e relatar características clínicas que poderiam contribuir para a ocorrência de disfagia em pacientes vítimas de queimadura em face e pescoço. Método: Os artigos foram selecionados por meio da base de dados PubMed, SciELO, LILACS e Google Acadêmico. Foram incluídos artigos que investigaram os tratamentos das queimaduras em cabeça e pescoço, associados à reabilitação da disfagia publicados nos últimos cinco anos, ou seja, entre 2016 a 2021. Resultados: Foram identificados uma grande variedade de tratamentos, dos quais, apresentaram efeitos benéficos na reabilitação de pacientes queimados. A intervenção fonoaudiológica é responsável pela prevenção de contraturas orofaciais, tratamento da traqueostomia e tratamento da disfagia e distúrbios da comunicação por meio de diferentes protocolos terapêuticos. Os resultados deste estudo mostram que a disfagia é uma consequência comum de queimadura. A prevalência de disfagia foi elevada chegando até 89,47% na população adulta com queimaduras de cabeça e pescoço. Vários fatores podem contribuir para o desenvolvimento da disfagia, dentre eles destacam-se: a %SCQ ≥ 18%, ventilação mecânica, a presença de traqueostomia, e a presença de queimaduras na cabeça e pescoço. Conclusão: Existe uma grande variedade nas técnicas de tratamento, porém ainda não há um consenso sobre qual ser utilizado. A presença do Fonoaudiólogo na equipe de tratamento de pacientes com queimaduras na cabeça e pescoço contribuiu para melhor eficácia no tratamento destes pacientes.

Palavras-chave

Queimaduras, Disfagia, Transtornos de deglutição.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.