DENSIDADE DE KERNEL, HOT SPOT E ANÁLISE DE AGRUPAMENTO APLICADOS AOS INDIVÍDUOS DE CEDRELA ODORATA L. EM UM FRAGMENTO FLORESTAL

Code: 221211246
Downloads
5
Views
19
Compartilhe
Título

DENSIDADE DE KERNEL, HOT SPOT E ANÁLISE DE AGRUPAMENTO APLICADOS AOS INDIVÍDUOS DE CEDRELA ODORATA L. EM UM FRAGMENTO FLORESTAL

Autores(as):
  • Janisson Batista De Jesus

  • Ítallo Romany Nunes Menezes

DOI
  • DOI
  • 10.37885/221211246
    Publicado em

    29/12/2022

    Páginas

    612-622

    Capítulo

    42

    Resumo

    Objetivo: Os Sistemas de Informações Geográficas-SIG cada vez mais são utilizados nas áreas das ciências ambientais, da ecologia à geologia, e suas aplicações para análise geoespacial na temática do meio ambiente é o quarto (4°) maior domínio de utilização no geoprocessamento. Nesse sentido, o atual estudo utilizou o método de Kernel, hot spot e análise de agrupamento para elaborar um mapa de densidade geoespacial de árvores de Cedrela odorata L. (cedro) em um fragmento florestal. Métodos: A área de estudo localiza-se em fragmento florestal no município de Lagarto, no estado de Sergipe, onde foram coletados dados georreferenciados de 29 indivíduos arbóreos de cedro. As análises de densidade de Kernel, hot spot e análise de agrupamento (K-Nearest Neighbors Algorithm, k-NN), assim como construções dos respectivos mapas para a população estudada foram realizadas a partir do software ArcGis. Resultados: a espécie está distribuída em dois grupos, um ao sul e outro mais ao norte do fragmento florestal, com dispersão ecológica do tipo agregada. No hotspot, o grupo de cedro mais ao norte possui agrupamento espacial estatisticamente significativo. Também foram observados quatro subgrupos a partir da proximidade das árvores (k-NN). Conclusão: Os mapas de Densidade de Kernel, Hot Spot e k-NN mostraram-se satisfatórios, sendo indicados como uma ferramenta ao entendimento geoespacial de dispersão ecológica da espécie no fragmento florestal. Assim como, importante recurso para subsidiar ações públicas/privadas de proteção e talvez criações de unidades de conservação.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Análise espacial, Geoprocessamento, SIG, Cedro, Remanescente florestal.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH IX

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar