CRIAÇÃO E REPRODUÇÃO DO PIRARUCU (ARAPAIMA GIGAS) EM CATIVEIRO

Code: 220408623
31
3
Título

CRIAÇÃO E REPRODUÇÃO DO PIRARUCU (ARAPAIMA GIGAS) EM CATIVEIRO

Autores(as):
  • Nalícia Sâmela Martins Silva

    Silva, Nalícia Sâmela Martins

  • Alison Batista Vieira Silva Gouveia

    Gouveia, Alison Batista Vieira Silva

  • Lorrayne Moraes De Paulo

    Paulo, Lorrayne Moraes de

  • Cibele Silva Minafra

    Minafra, Cibele Silva

  • Fabricio Eumar De Sousa

    Sousa, Fabricio Eumar de

DOI
10.37885/220408623
Publicado em

31/05/2022

Páginas

61-75

Capítulo

4

Resumo

A aquicultura apresenta notável crescimento nos últimos anos, buscando por espécies de grande potencial para cativeiro. A criação de Pirarucu em cativeiro é uma boa opção econômica, pois se destaca tendo um crescimento rápido, considerado rústico, com alta adaptação no manejo e aumento na procura em viveiros para consumo da carne, obtendo alto valor no mercado. Conhecido popularmente como “Bacalhau Brasileiro” essa espécie possui períodos na reprodução como: fertilização do ovo, larvas e pós-larvas, juvenil e adultos. O presente estudo tem como objetivo principal identificar e conhecer as etapas da fase de vida do Pirarucu, assim como identificar o nicho ecológico da espécie. Ainda, abordaram-se algumas técnicas de manejo, a época de reprodução, a alimentação em diferentes fases de vida, diferentes viveiros, qualidade da água e fatores de importância ao produtor que procura conhecimento da criação e reprodução do pirarucu levando a prática. O estudo revela que a criação do Pirarucu em cativeiro enfrenta alguns problemas, como o da indução artificial da ovulação, que ainda não foi certificada com eficácia os alevinos, apresentando alta mortalidade, visto que há pouco conhecimento sobre sua sanidade.

Palavras-chave

Alevino, Manejo, Peixe, Piscicultura.

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.