COMPOSTAGEM DA FIBRA DE COCO PARA O CULTIVO DE COENTRO EM HORTAS ESCOLARES

Code: 230312487
Downloads
31
Views
22
Compartilhe
Título

COMPOSTAGEM DA FIBRA DE COCO PARA O CULTIVO DE COENTRO EM HORTAS ESCOLARES

Autores(as):
  • Aninês Assunção Gomes

  • Fabrício Ribeiro Andrade

  • Edgar Nascimento

  • Adriana Paiva Oliveira

  • Reinaldo De Souza Bilio

  • Rozilaine A P G Faria

DOI
  • DOI
  • 10.37885/230312487
    Publicado em

    29/04/2023

    Páginas

    59-80

    Capítulo

    4

    Resumo

    O objetivo deste estudo é reaproveitar os resíduos de coco verde para produção de um substrato orgânico para horta escolar a partir da compostagem. O resíduo do coco verde foi adquirido triturado, em forma de fibra em local de venda de água de coco verde, encaminhado para o viveiro do IFMT- Cuiabá-Bela Vista e disposto para secagem sobre lona plástica, ao ar livre. Após a secagem, as fibras foram pesadas para quantificação de massa seca, lavadas por imersão para retirada do excesso de sais, hidrolisadas por aspersão de solução de ácido sulfúrico (0,4% v/v). Após três dias da aspersão, mediu-se o pH das fibras com potenciômetro digital antes da borrifação de solução aceleradora de compostagem. Como fonte de nitrogênio para os microrganismos da solução utilizou-se ureia e como suporte físico, farelo de arroz. Para a avaliação da qualidade do composto orgânico produzido a partir das fibras de coco, analisou-se o rendimento, os parâmetros umidade, densidade, condutividade elétrica, retenção de água, pH, fósforo (P), potássio (K), cálcio e magnésio (Ca+Mg), Ca, Mg, alumínio (Al), teor de matéria orgânica (MO), capacidade de troca catiônica (CTC), relação C/N. Para avaliação da qualidade do coentro colhido, elaborou-se diferentes substratos (substrato comercial, terra preta+areia esterilizada (TPV, 1:1), composto orgânico produzido (FC) em um delineamento experimental inteiramente casualizado considerando seis tratamentos (Tc: 100% substrato comercial, T1: 100% TPV, T2: 75%TPV+25% FC, T3: 50%TPV + 50% FC; T4: 25%TPV + 75% FC; T5: 100% FC), em quatro repetições. As sementes foram semeadas em sacos de polietileno próprio para desenvolvimento de hortaliças e avaliados tempo médio de emergência, velocidade e porcentagem de emergência, altura da parte aérea, diâmetro do coleto, comprimento das raízes, massa fresca e seca das partes aérea e raiz. O material decomposto teve um rendimento de 16% (composto orgânico/fibra seca). Entre os parâmetros avaliados T4 apresentou valores de P e K elevados, aos 7 dias após a semeadura T4 e Tc demonstraram porcentagem de emergência superiores. Entre os substratos desenvolvidos, T4 e Tc mostraram maior velocidade de emergência (p<0,05) quando comparados com T1 e menor tempo médio de emergência (p<0,05) e quando comparados somente com Tc, T4 apresentou valores estatisticamente iguais (p>0,05). Em relação à qualidade das plantas colhidas, os coentros colhidos de T5 apresentaram valores elevados de diâmetro de coleto, massa fresca de parte aérea e raízes. Conclui-se que os tratamentos com maiores proporções do material decomposto são apropriados para o cultivo de coentro corroborando com a sustentabilidade por apresentar uma alternativa no aproveitamento de resíduo.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Aproveitamento de resíduo, Casca de coco verde, Substrato, Cocus nucifera, Hortaliça.

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar