COMPARAÇÃO DE TRÊS TÉCNICAS DE LIMPEZA DA LÍNGUA QUANTO À EFETIVIDADE DA REMOÇÃO DA SABURRA LINGUAL NA REDUÇÃO DA HALITOSE

Code: 211206980
Downloads
32
Views
34
Compartilhe
Título

COMPARAÇÃO DE TRÊS TÉCNICAS DE LIMPEZA DA LÍNGUA QUANTO À EFETIVIDADE DA REMOÇÃO DA SABURRA LINGUAL NA REDUÇÃO DA HALITOSE

Autores(as):
  • Carolina Spessato Prates de Lima

  • Suzana de O. Marinho

  • Juliane P. Butze

DOI
  • DOI
  • 10.37885/211206980
    Publicado em

    16/02/2022

    Páginas

    832-835

    Capítulo

    70

    Resumo

    INTRODUÇÃO/FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA: Halitose, popularmente conhecida como o mau hálito, há muito tempo vem se tornando um problema que afeta milhares de pessoas pelo mundo. Sabemos que a halitose pode ter diversas causas, contudo na maioria dos casos ela tem origem na cavidade oral, na qual temos a presença da saburra lingual que está em íntima relação com a halitose, estando presente em aproximadamente 90% dos casos clínicos, sendo assim, a principal etiologia desse odor bucal desagradável. O presente estudo tem como objetivo realizar a comparação de três técnicas de higiene da língua com distintos objetos, sendo eles: escova dental multicerdas, raspador de língua e gaze e verificar qual deles tem maior eficiência e menor desconforto aos pacientes. MATERIAL E MÉTODOS: Os pacientes responderam a um questionário de halitose que incluía perguntas relacionadas com os hábitos do paciente e com a causa do mau hálito. A avaliação da halitose foi realizada através da Escala Visual Analógica (EVA) e pelo Índice de Saburra Lingual (ISL). RESULTADOS E DISCUSSÕES: Um total de 12 pacientes participou da pesquisa, dos quais 33,3% eram do sexo masculino e 66,7% eram do sexo feminino com média de idade de 37,5 anos. A partir da análise dos dados, verificou-se um maior ISL na abordagem com a escova, seguido do raspador de língua e da gaze. Comparando os resultados da EVA foi possível observar que o raspador e a gaze tiveram melhores resultados do que a escova. Quanto à presença de ânsia, ao realizar as técnicas, a escova teve a maior taxa (50%). CONCLUSÃO: Através dos dados coletados se pode concluir que a higiene da língua com a gaze resultou em um menor índice de saburra lingual. Porém, se obteve os mesmos resultados com o raspador na EVA. Em relação ao desconforto em cada técnica, o de maior índice foi com a escova, seguida da gaze e raspador respectivamente.

    Ler mais...
    Palavras-chave

    Halitose, Diagnóstico, Higiene Bucal.

    Publicado no livro

    OPEN SCIENCE RESEARCH I

    Licença

    Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

    Licença Creative Commons

    O conteúdo dos capítulos e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.

    Este site utiliza cookies. Usamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer recursos de mídia social e analisar nosso tráfego. Ao continuar você concorda com a nossa política de utilização de cookies.

    Continuar