COMPARAÇÃO DE MÉTODOS DE ANÁLISE DE PROTEÍNA EM INGREDIENTES PARA ALIMENTAÇÃO ANIMAL

Code: 231215267
2
0
Título

COMPARAÇÃO DE MÉTODOS DE ANÁLISE DE PROTEÍNA EM INGREDIENTES PARA ALIMENTAÇÃO ANIMAL

Autores(as):
  • Ingrid Medeiros Lopes

    Lopes, Ingrid Medeiros

  • Maite De Moraes Vieira

    Vieira, Maite De Moraes

  • Aline Fernanda Rodrigues Leuven

    Leuven, Aline Fernanda Rodrigues

DOI
10.37885/231215267
Publicado em

30/03/2024

Páginas

110-122

Capítulo

7

Publicado no livro

OPEN SCIENCE RESEARCH XIV

Resumo

Objetivo: O objetivo desta pesquisa foi comparar os métodos Kjeldahl, Dumas e Espectroscopia de Refletância no Infravermelho Proximal (NIRS) na determinação do teor de proteína bruta (PB). Métodos: Foram utilizados de 6 ingredientes: proteína isolada de soja, farelo de soja, farelo de glúten de milho 60%, farelo de milho, farelo de trigo e polpa de beterraba. onde analisou-se PB pelos métodos Kjeldahl, Dumas e através do NIRS. Resultados: Os resultados mostraram que houve diferença entre os métodos a nível de 5% de significância, com exceção dos resultados das análises da polpa de beterraba, que não obtiveram diferença significativa entre si. Conclusão: O Dumas foi mais eficiente, o qual permite que todo o nitrogênio presente na amostra seja determinado através da queima total do material orgânico. O método Kjeldahl subestimou o teor de proteína bruta da amostra, podendo estar relacionado ao fato da possibilidade de perda de nitrogênio durante o processo de análise. O método NIRS pode apresentar desvio nos resultados se o equipamento não estiver devidamente calibrado.

Palavras-chave

Kjeldahl, Dumas, NIRS

Autor(a) Correspondente
Licença

Este capítulo está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons

O conteúdo do capítulo e seus dados e sua forma, correção e confiabilidade, são de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es). É permitido o download e compartilhamento desde que pela origem e no formato Acesso Livre (Open Access), com os créditos e citação atribuídos ao(s) respectivo(s) autor(es). Não é permitido: alteração de nenhuma forma, catalogação em plataformas de acesso restrito e utilização para fins comerciais. O(s) autor(es) mantêm os direitos autorais do texto.